Coronavírus: Amazonas critica “pouquíssima ajuda” federal

Governador Wilson Lima afirmou que isolamento social irá endurecer; Estado foi o primeiro a entrar em colapso, e já registra 4.801 casos e 380 óbitos

Wilson Lima, governador do Amazonas Foto: Reprodução via Wikipedia/Alan Santos/PR

Jornal GGN – O Estado do Amazonas vai endurecer as regras de isolamento social nos próximos dias, depois de ter sido o primeiro estado brasileiro a ver seu sistema de saúde colapsar por conta da covid-19.

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, o governador amazonense Wilson Lima declarou que o cliente obrigatoriamente terá de usar máscara para ir a locais como farmácia e supermercado, e o local precisará oferecer álcool gel ou a máscara caso o cliente não a possua. Caso as medidas de proteção não sejam respeitadas, haverá autuação com pagamento de cestas básicas.

O governador disse ainda que todo o policiamento será colocado na rua, para orientar as pessoas a ficarem em casa. Lima também criticou a falta de apoio por parte do governo Jair Bolsonaro.

“O governo federal ajudado pouquíssimo, é pouco demais diante do problema que a gente tem. Precisamos de mais ajuda (…)”, disse Lima, afirmando que o estado precisa de pelo menos 100 profissionais da área médica, além de 100 respiradores e equipamentos de proteção individual. “É o mínimo que precisamos para aguentar pelos próximos dez a 15 dias”, comentou.

Até as 14h desta quarta-feira, o Ministério da Saúde registrou 78.162 casos de coronavírus e 5.466 mortes da doença no Brasil até as 14h desta quarta-feira (29), segundo informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. Apenas no Amazonas, foram registrados 4801 casos e 380 óbitos.

 

Leia Também
Witzel também ataca Bolsonaro: “Pare de fazer política e trabalhe”
Coronavírus: Brasil confirma 5.466 mortes por covid-19
Coronavírus: médicos de PE criam sistema para escolher quem vai para UTI
Coronavírus: Governo Bolsonaro coloca “milhões de vida em risco”, denunciam relatores da ONU
Coronavírus: Brasil tem maior taxa de contágio do mundo
João Doria: “Saia da sua bolha, presidente Bolsonaro. Saia da sua fábula”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora