Governo Doria contrata empresa da lista de trabalho escravo

A Soebe, que venceu a licitação de R$ 13 milhões para fazer o desassoreamento de parte do Rio Pinheiros, negou ter usado trabalho escravo

Jornal GGN – É destaque na agência Reuters, nesta segunda (15), que o governo João Doria, em São Paulo, contratou uma empreiteira que está na lista do trabalho escravo do Ministério da Economia, monitorada pela Thomson Reuters Foundation.

“A EMAE, uma empresa estatal do governo de São Paulo [que gerencia usinas hidrelétricas e barragens], concedeu um contrato à Soebe Construção e Pavimentação em julho de 2019, cerca de nove meses depois que a empresa foi incluída na lista por submeter 10 trabalhadores à escravidão”, diz a agência.

“A Soebe, que venceu a licitação de R$ 13 milhões em parceria com uma outra empresa para fazer o desassoreamento de parte do Rio Pinheiros, negou ter usado trabalho escravo e disse que os trabalhadores resgatados eram empregados de uma de suas subcontratadas”, acrescentou.

A contratação não é ilegal, mas mostra que essas listas de monitoramento de trabalho escravo são “limitadas” e que leis precisam ser aprovadas para impedir esse tipo de situação.

Leia mais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. “…Conheceis a Verdade. E a Verdade Vos Libertará…” Trabalho Escravo? Trabalho Escravo como prática e localização industrial e urbana? Mas onde estão as fotos, MP, PF, as prisões, a exposição que não vemos nem mesmo neste Veículo? Mas quando é fato, geralmente isolado, que acontece em alguma Área Rural?!!! Quanta Diferença !! Sabemos. Esta Matéria é fenomenal. Começa pela foto do ‘ROBOANEL’ Mario Covas, com este nome, o tal Rodoanel só poderia ser um conjunto de mediocridades e crimes calhordas. A homenagem cai como uma luva. Obra que custou por Km em Dólar 10 vezes mais que a Rodovia dos Trabalhadores, da gestão Paulo Maluf. Segundo Covas e outros calhordas esquerdopatas e tucanos, a rodovia (Trabalhadores) mais cara do mundo, mas que não sofreu intervenção significativa em quase 3 décadas, enquanto o tal ‘ROBOANEL’ já estava sendo recuperado e reconstruído no 1.o ano de uso (foto). O mesmo Mario Covas que acusava, lá nos agora longínquos anos de 1980, para obter o Governo do estado de SP juntamente com Franco Montoro, que o tal desassoreamento dos rios Pinheiros e Tiête, durante o Governo Paulo Maluf, era sumir com ‘dinheiro no lixo’, jogando fora em serviço que nada adiantava. Uma perda de tempo (vejam as gravações desta época. Ainda devem existir). O mesmo Mario Covas. O mesmo Tucanato. A mesma Corrupção. A mesma Incompetência. A mesma Mediocridade. O mesmo Superfaturamento. O mesmo Trabalho Escravo. O mesmo Neto. O mesmo Nepotismo. A mesma Redemocracia. Desassoreando rio Pinheiros em 2020. Décadas trocando as moscas. Não insistam em revirar estes 40 anos, pois irá feder ainda mais. Pobre país rico. O tempo é senhor da razão. E a Verdade, Libertadora. Mas de muito fácil explicação. JOSUÉ.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome