Hospital em SP onde 80 idosos morreram por COVID-19 pode sofrer intervenção, diz Mandetta

Segundo ministro, a operação da Prevent Senior, focada apenas em idosos, é um "case" que precisa ser revisto. "A ANS não deveria ter autorizado isso"

Jornal GGN – O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou nesta terça (31) que o hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, pode sofrer “intervenção” das autoridades estaduais por não ter criado um método de barreira contra o coronavírus em suas dependências.

Sozinha, a unidade pertencente à rede Prevent Senior – que vende planos de saúde para idosos acima dos 60 anos – é responsável por 80 das 136 mortes por COVID-19 em todo o estado.

Segundo Mandetta, a operação da Prevent Senior, focada apenas em idosos, é um “case” que precisa ser revisto. “A ANS [Agência Nacional de Saúde] não deveria ter autorizado isso.”

“Não tem tem que proibir o hospital, ele já existe, e tem todos os idosos lá dentro e já se constituiu um ambiente de transmissão elevada lá dentro. Hoje estavam falando de intervenção no hospital para ver se criam um método barreira” contra o vírus, afirmou.

O ministro explicou que a questão chave está no plano de negócio da empresa, que desde o início focou nos idosos como nicho de atendimento. O empresário, disse Mandetta, “não contava com a entrada de um vírus de tropismo para esse paciente [idoso] e provavelmente não tomou as barreiras que precisariam ser tomadas antes da entrada do vírus.”

Na explanação do ministro, a rede de saúde privada pode ter sido responsável por perder o controle sobre a transmissão do vírus no ambiente hospitalar.

“Sem explicar esse caso, isso contamina a percepção que se tem do coletivo. De 136 casos, 80 foram num endereço só.”

Leia também:  STF barra ponto estratégico de MP de Bolsonaro sobre responsabilização de agentes públicos

“Todo lugar que tem aglomeração de idosos, asilos, retiros, casas de repouso, gente que tem no fundo das casas 4 a 5 quartos para receber idosos, tem que tomar muito cuidado.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. A Prevent e um convênio para idosos, e tão e normal que lá tenha mais mortes, Tenho esse convênio há mais de 10 anos e nunca tive algum problema, lugar limpo, , higiene 10.

    1
    1
  2. A rede que se especializa por atendimento aos idosos nao contava, não estava preparada para “barrar” a proliferação de um vírus tropismo…voce não entendeu o texto

    • Nem a rede especializada, nem nenhuma outra rede… o virus não estava previsto e nenhuma clinica está preparada para evitar o contágio, seja pública ou privada…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome