Programa “Direito do Amanhã” discute ação de responsabilização da Lava Jato por danos à economia

Programa entrevista o advogado Marco Aurélio de Carvalho, o professor Fabiano Silva dos Santos, e o deputado federal Rui Falcão

Marco Aurélio de Carvalho, Fabiano Silva dos Santos e Rui Falcão
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, 01, o programa Direito do Amanhã discute a Ação popular de responsabilização da Lava Jato pelo dano causado à economia brasileira. Além disso, conta com a participação do advogado, membro integrante do Grupo Prerrogativas e associado fundador da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), Marco Aurélio de Carvalho, do professor universitário e coordenador de improbidade e previdência na Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-SP, Fabiano Silva dos Santos, e do deputado federal, jornalista e advogado, Rui Falcão

Nesta semana a pauta em debate é a Ação Popular 1025482-78.2022.4.01.3400 que pede o ressarcimento pelos danos causados da atuação de Sergio Moro na operação Lava Jato, ingressada por cinco deputados federais do PT.

Ela também é assinada pelos advogados Marco Aurélio de Carvalho, Fabiano da Silva Santos, Lenio Luiz Streck, Weida Zancaner, Caroline Proner, Pedro Estevam Serrano, Gisele Guimarães Cittadino, Juvelino Strozake, Luciano Rollo Duarte, Larissa Ramina Reinaldo Santos de Almeida, Maíra Calidone Recchia Bayod, Álvaro Luiz Travassos de Azevedo Gonzaga, Marco Antônio Riechelmann Júnior, Luis Henrique Pichini Santos, Lucas Bortolozzo Clemente, Matheus Rodrigues Correa da Silva, Alfredo Ermírio de Araújo Andrade, Fernando Augusto Fernandes e Guilherme Marchioni.

Segundo o estudo do Dieese, as perdas coletivas da operação Lava Jato à economia brasileira representaram 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no período compreendido entre 2014-2017. Nesse sentido, a ação popular pede que ex-juiz Sergio Moro seja condenado a ressarcir os prejuízos causados ao Estado por sua atuação e a responsabilização pessoal de Moro pelos seus atos na operação.

Entenda mais sobre a ação, com Marco Aurélio de Carvalho, Fabiano Silva dos Santos e Rui Falcão, a partir das 19 horas desta quarta (01), na TVGGN.

Direito do Amanhã é um programa semanal de entrevistas, parceria da TVGGN com a FENED (Federação Nacional de Estudantes de Direito). O programa visa debater saídas para a crise política e institucional que o Poder Judiciário e o Ministério Público ajudaram a criar nos últimos anos.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

LEIA MAIS

Veja mais sobre: criseDireito do AmanhãLava JatoPedro SerranoSTFTVGGN

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador