STF faz chamada vapt-vupt para investigar o algoritmo suspeito, por Luis Nassif

Qualquer análise de probabilidade considerará matematicamente impossível a sucessão de sorteios no STF (Supremo Tribunal Superior) e no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nos julgamentos-chave para o avanço do impeachment de Dilma Rousseff.

Começou com os sorteios, no TSE, das relatorias das prestações de contas da campanha de Dilma e da própria Dilma, ambas caindo com Gilmar Mendes. Na época, mostramos que a probabilidade estatística dessa coincidência:

  1. A probabilidade dos dois processos caírem com o mesmo Ministro era de:

1/6 x 1/6 = 1/36 ou 2,78%

  1. Havia seis ministros no TSE. E um deles, Gilmar Mendes, o diretamente empenhado em fazer avançar o impeachment. A probabilidade dos dois processos caírem com qualquer um dos demais 5 Ministros do TSE:

5/6 x 1/6 = 5/36 = 13,89%

  1. A probabilidade dos dois processos caírem justo com Gilmar era:

2,78 / 5 = 0,56%

Não se ficou nisso.

Todos os HCs em favor de direitos de Lula caíam com Gilmar. A maioria dos processos envolvendo caciques tucanos também. Caíram com ele os processos e Aécio Neves, José Serra, Aloisio Nunes e Cássio Cunha Lima.

Qualquer estudo probabilístico demonstraria o viés do tal algoritmo do Supremo. E as suspeitas se espalharam.

Os métodos

No início, julgava que havia um especialista na lógica do Supremo assessorando os presidentes. O trabalho consistiria, então, em estudar a ordem dos sorteios e aguardar a vez do Ministro-alvo para submeter o caso ao algoritmo.

Mas a hipótese continha furos:

  1. O sorteio é de responsabilidade do presidente do STF. Aceitar essa hipótese significaria supor que todos os presidentes compartilhassem com essa manipulação, o que não é crível.

  2. Em conversas com especialistas em TI, percebeu-se que havia caminhos muito mais fáceis. Bastaria um profundo conhecedor do sistema desenvolver uma gambiarra que permitisse selecionar os Ministros que participariam de determinados sorteios. Haveria até a possibilidade de se incluir apenas um nome no caso selecionado.

  3. No Xadrez dos algoritmos do Supremo trouxemos um conjunto de informações, de indícios capazes de justificar uma investigação.

Leia também:  Rosa Weber pode decidir destino de Lula e outros presos em 2ª instância

São apenas suspeitas, mas que precisam ser consideradas. O caminho correto seria a presidente do Supremo solicitar reservadamente uma checagem no sistema, sabendo-se que qualquer alarido poderia alertarr os responsáveis.

A auditoria no sistema

O que fez a douta Ministra Carmen Lúcia? Decidiu abrir uma chamada pública visando uma auditoria no tal algoritmo..

“Considerando  que o art. 22  da Lei 12.527/2011  (Lei de Acesso àInformação) deixa claro que estão preservadas as demais hipóteses legais de sigilo,   a divulgação do chamado “código-fonte” do sistema eletrônico que gerencia a distribuição dos processos  poderia afrontar a exigência legal da alternatividade e a exigência regimental da aleatoriedade, pressupostos para que se alcance a regra geral da imprevisibilidade das novas relatorias, pois atualmente não se tem a segurança necessária para afirmar a ausência de possibilidade  de ambiente de replicação das distribuições de processos doSTF, embora seja seguro afirmar que o sistema não está sujeito a manipulação, externa ou interna.

Desse modo, é necessária a auditoria no sistema de distribuição do STF para que se elimine qualquer dúvida da sociedade quanto à sistema e para que seja avaliada a necessidade de melhorias (principalmente no  que diz respeito às regras de compensação da distribuição entre os ministros) e, principalmente, a possibilidade de divulgação do código-fonte.

A  escolha   pelo formato   de chamamento público   visa evitar a realização de despesa com uma consultoria e confere maior credibilidade nos relatórios a serem elaborados pelas entidades que se prontificarem a realizara auditoria”.

E aí, dona Carmen Vapt-Vupt abre as inscrições no dia 15 de maio. E encerra no dia 22 de maio, uma semana depois. O prazo dos recursos irá até o dia 28.

20 comentários

  1. Eu nao descarto a hipotese de
    Eu nao descarto a hipotese de TODOS os presidentes de TODOS os tribunais do pais saberem muito bem. É só um arrivista, Gilmar Mendaz, ameaçar expor o segredo da cavalaria que os demais deixam como está: “é contigo mesmo”, “vamos ver até onde isso vai”.

  2. Nassif,
    Suas contas estão

    Nassif,

    Suas contas estão confusas. A situação que você está analisando é equivalente ao lançamento de dois dados não viciados. Cada ministro corresponde a um número de 1 a 6. A probabilidade de que um ministro receba os dois processos é igual a probabilidade de que os dois dados caiam com números iguais para cima: 6/36 = 1/6. A probabilidade de que esse ministro seja o Gilmar Mendes é 1/6 disso, ou seja, 1/36.

  3. STF faz chamada vapt-vupt para investigar o algoritmo suspeito,

    Se era suspeito antes depois dessa pressa em abrir e fechar o chamamento nos deixa ainda com maiores dúvidas.

    Será que vem mais do mesmo por aí ?

    Quem sabe uma “matemática explanacionista” explique aos bobos como o algoritmo funciona corretamente.

    Teremos mais um “power-point” ?

    Donde menos se espera daí é que nada sai mesmo.

  4. Da licença, que nos vamos auditar!

    Elementar cara Carminha, o gato, que de bobo não tem nada, ja subiu no telhado. 

    Mas eu acho mesmo é que Carminha quer apenas mostrar a todo mundo que o STF é um lugar de ética, moral e de lisura. Imagina se eles têm trambique no sistema de sorteio dos processos… Imagina!

  5. Esta gente com mente adoecida e maldosa se sente apta a liderar

    Lugar onde o ego exarceba, supremamente cega o humanismo. Estes senhores não se toleram, tem nojo de seus iguais como vemos regularmente em seus feiosos embates televisionados. Imagine a visão torpe que tem pelos do andar de baixo? Direito sem humanismo é a fonte do pior que possa agredir a causa humana. É o início da barbárie patrocinada pelos que são pagos para buscar promover ao menos a ilusão de igualdade. Muito deste país não avançar e progredir, é por que ao longo da história teve um judiciário conivente e participante de golpes. Este STF atual, parece o local de cremação da esperança e de um ideal de liberdade e de justeza. Mentem, falseiam, avacalham com toda uma nação. O máximo direito, o máximo da injustiça, já previam os antigos pensadores.

  6. Algorítmo

    Trouxas somos nós. Esse é o verdadeiro algorítmo. Assistimos resignados aos desmandos de uma elite jurídico-político-militar. Não há como compactuar com essa gente.

  7. O PAPA FRANCISCO EXPLICA
    Na

    O PAPA FRANCISCO EXPLICA

    Na homilia da missa do dia 17/05/2018 o Papa Francisco esclarece:

    – “Criam-se condições obscuras” para condenar a pessoa. Um método com o qual perseguiram Jesus, Paulo, Estevão e todos os mártires e muito usado ainda hoje.

    – prosseguiu o Papa: “a vida civil, a vida política, quando se quer fazer um golpe de Estado”: “a mídia começa a falar mal das pessoas, dos dirigentes, e com a calúnia e a difamação essas pessoas ficam manchadas”. Depois chega a justiça, “as condena e, no final, se faz um golpe de Estado”.

    – Uma perseguição que se vê também quando as pessoas no circo gritavam para ver a luta entre os mártires ou os gladiadores

    – “A intriga” foi usada contra Jesus para desacreditá-lo e, uma vez desacreditado, eliminá-lo

    O cristão deve seguir, não as falsas unidades, que não têm substância, e servem somente para dar um passo a mais e condenar as pessoas, e levar avante interesses que não são os nossos: interesses do ‘príncipe deste mundo’, que é a destruição.

    Texto completo no Vatican Neuws:

    https://www.vaticannews.va/pt/papa-francisco/missa-santa-marta/2018-05/papa-francisco-missa-santa-marta-unidade.html

     

  8. Agora vai… A Carminha das

    Agora vai… A Carminha das farmacêuticas, a que condenou o Lula em segunda instância porque não quer apequenar o STF mas que recebeu o Temer dos portos e da JBS no “aconchego do seu lar” num sábado a tarde acabou de descobrir que o algorítimo do Supremo pode estar viciado e vai mandar vistoriar. Não sem antes esperar que o HC do Paulo Preto caísse com o Gilmar, claro. 

    Existem duas hipóteses: descobrir a adulteração ou não. Mas …sem dúvida que irão confirmar que todos os processos que interessam ao PSDB cairem com o Gilmar é desvio padrão da estatística. Mesmo porque a Carminha das farmacêuticas jamais poderia explicar porque o processo das farmacêuticas caiu com ela. Justo ela que resolveu sentar em cima do processo desde 2010. 

     

  9. urnas

    Me lembrou o desafio de burlar as urnas eletronicas cheio de regras aonde nao poderiam acessar o software da coisa , resultado final propagandearam que era o sistema mais seguro do mundo , mas nao conseguiram vender  o sistema em lugar nenhum no mundo pois apontavam exatamente sua vunerabilidade !

  10. O STF falhou na defesa da
    O STF falhou na defesa da nossa constituição e com os atuais membros,sem perspectiva de melhora,é preciso sua redefinição e essa bandeira deverá ser acampada não pelo PT mas por toda a sociedade brasileira pq o partido já se expõe muito,vejo q a tendência dessa “instituição”é errar mais e abusar e só pela força (militares?)ou pressão (do povo, difícil) acontecerá,mas é inevitável a “mudança”do STF,se não for agora será um pouco mais a frente,estamos desmoralizados mundialmente pela falta de qualidade deles e seu corporativismo, está dando muita vergonha ser brasileiro !

  11. Os caprichos da sorte

    A sorte sorri para todos, ainda que nem todos sejam otimistas, mas a sorte também tem seus humores.

    Para o Lula e o PT a sorte diz sorry e mostra seus dentes cariados

    Para os tucanos a sorte sorri  e mostra  os dentes limpos e escovados.

    E não adianta protestar, a sorte tem seus caprichos.

     

    Essa é a alegoria da sorte, de Angelo Bronzino

    (17 de novembro de 1503 a 23 de novembro de 1572)

    Bem compatível com as práticas no âmbito do poder legislativo e  judiciário

    PS- ambiente de sorteio de processos

       

  12. Crime

    Se “Todos os HCs em favor de direitos de Lula caíam com Gilmar. A maioria dos processos envolvendo caciques tucanos também. Caíram com ele os processos e Aécio Neves, José Serra, Aloisio Nunes e Cássio Cunha Lima.” houve certamente maracutaia, que neste contexto de definição de juiz não escolhido previamente é crime.

    É como se em um cassino em uma mesa de jogo o número 17 saisse 10 vezes seguidas e dando ganho a alguém conhecido. É possível, mas na pior, ou melhor, sei lá, das hipóteses, lá pela quarta vez o crupier teria chamado o gerente do cassino para assistir os eventos, e depois do sexto evento até o presidente executivo do cassino estaria presente, e até talvez checado e confirmado a validade e correção do evento tão inimaginável.  Ainda que certamente os acionistas maiores do cassino, independente de mais nada, teriam demitido o crupier, o gerente e o presidente. Demitido simplesmente. Nnca mais trabalhariam em qualquer cassino.

    Não há a possibilidade de nenhum algorítimo ter em si um erro como este. Nem é possível bolar um progama que validasse esta “coisa” sem uma burla grosseira e inserida (importante: que pode ser retirada antes de uma checagem oficial e sob sigilo) no programa ou na leitura do resultado que chegasse a isto.

    Conclusão: pode-se dizer que houve maracutaia, que os julgamentos do sr gilmar (e ele nem estranhou tanto milagre?!) são viciados e nulos e que este processo da dona carmem complica o que era muito fácil de descobrir e fica também estranho. Tudo muitissimo suspeito.

    Há ainda probalisticamente a hipótese que a frase entre aspas, acima, nunca tenha ocorrido e que o nassif ou quem noticou o fato da consultoria esteja mentido grosseiramente e que o cronograma aí em cima seja uma fantasia do articulista. No mínimo esta última hipótese é um milhão de vezes menos provável do que o evento “houve maracutaia no stf”.

  13. Se a fraude dos sorteios for

    Se a fraude dos sorteios for descoberta, todas as relatorias que foram para gilmal mendes serão anuladas, além de outras sérias implicações legais. Alguém acha que Cavern Lúcifer deseja isso?  O vapt-vupt foi inventado por ela para retirar a mancha e validar o sorteio fraudulento.

  14. Onze pessoas é pouca gente

    Onze pessoas é pouca gente para distribuir tanto poder sobre uma sociedade de 200 milhões de pessoas e 2 trilhões de PIB. Fazia sentido na sociedade oligárquica do café com leite.

    Um plenário virtual com todos os ministros de cortes superiores daria umas 50 pessoas e faria bem para a democracia e para o andamento dos processos. Melhor ainda se aumentasse para 100, expandindo o STJ. Melhor ainda se puxasse todo mundo diplomado em Direito no Congresso para formar o plenário junto com os doutos jurisconsultos especializados das turmas. Que os nobres 11 ministros redijam os votos e coloquem para o resto votar, vá lá, mesmo por transição. Uma galera de 400 pessoas botando a mão na massa. Alguma coisa tem que mudar ali.

    Desse jeito aí vai ficar nisso. 

     

    • Os 11 …

      Os 11 são indicados por um Presidente eleito pela maioria do povo e aprovados pelo Senado também eleitos pelo povo.

      Funciona bem nos países democráticos , se tiver alguma ideia melhor diga…

  15. Sugiro você …

    Sugiro você pedir ajuda a alguém de estatística , uma probabilidade de 1/6 é tirar dois “1” lançando dois dados , nada demais.

    Não quero dizer que o programa do STF não possa ter problemas, mas nem sempre algo que parece ter um padrão tem e alguns eventos aleatórios parecem seguir um padrão.

    Leia O andar do bêbado de L. Mlodinow para detalhes.

  16. Cade o MP que fala grosso pra edital com pouco prazo?

    Pra licitação, concurso, convocação que qualquer outro órgão público abrisse com 7 dias de prazo teria a maior indignação do MP. Pelo menos iisto deixa evidente 2 problemas:

    1º O MP é acovardado contra gente + poderosa que ele,

    2º O STF tem juízes que perseguem quem for contra seus interesses e nem a mídia ou o MP irão enfrentá-los.

  17. A Justiça brasileira e a deificação de códigos e algoritmos

    A chamada vapt-vupt é só mais um capítulo da divinização de códigos e algoritmos pela Justiça brasileira.

    Seja no código da urna eletrônica, cuja “segurança” é garantida pelo TSE com testes rigidamente controlados para “não darem zebra”, seja nessa chamada cujo resultado já sabemos exatamente qual é, o objetivo é sempre o mesmo: com uma aura de análise técnica honesta, mantém-se a opacidade de códigos e algoritmos, agora mais fortalecidos, já que foram “””auditados”””.

     

    A transformação de códigos e algoritmos em deuses modernos, tirando-os da sua realidade de programas de computador, cálculos matemáticos e esforço dos desenvolvedores, é parte integrante e essencial do esforço de instituições cartoriais, como o Judiciário brasileiro, em se manterem intocadas e intocáveis.

  18. Se botarem para fins de

    Se botarem para fins de sorteio um chipanzé que arremessa dardos num alvo com o nome dos ministros, ainda assim não será confiável.

    Haverá uma “mutação genética”, um chipanzé-tucano treinado para acertar sempre no Gilmar.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome