Ricardo Barros vai depor à CPI da Pandemia na próxima semana

Líder do governo na Câmara dos Deputados vai falar a respeito das irregularidades na compra da Covaxin no dia 12 de agosto

Jornal GGN – O deputado federal Ricardo Barros (PP), líder do governo na Câmara dos Deputados, irá falar sobre as irregularidades existentes em torno da compra da vacina indiana Covaxin na próxima semana.

Além de Barros, que vai depor na próxima quinta-feira (12/08) serão ouvidos o presidente do Instituto Força Brasil, Helcio Bruno de Almeida (10/08), e o presidente da Vitamedic Indústria Farmacêutica, Jailton Batista, na terça-feira (11/08).

A convocação de Ricardo Barros foi sugerida pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), uma vez que o líder da Câmara foi “mencionado pelo próprio presidente da República no cometimento de potenciais ilícitos no contexto de negociação e compra da Covaxin”.

O coronel Helcio Bruno foi convocado a pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da comissão uma vez que, em depoimento à CPI, representantes da empresa Davati no Brasil disseram que o presidente do Instituto Força Brasil intermediou um encontro entre eles e o então secretário-executivo do Ministério da Saúde, coronel Elcio Franco.

Na quarta-feira (11), os senadores tomam o depoimento de Jailton Batista, presidente da Vitamedic Indústria Farmacêutica, para falar sobre a venda de medicamentos relacionados ao chamado “kit-covid”, que não têm eficácia comprovada contra a covid-19. As informações são da Agência Senado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador