Pai passa sabão em filho black block

http://www.youtube.com/watch?v=qg0jp3q7Q1Y

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

56 comentários

      • Vc também achou q é armaçao? Eu achei

        O pai só se mostra autoritário, nao fala nada contra as posiçoes do filho, que tem tempo à beça para expô-las. E nenhum dos outros tentou realmente impedir o pai de levar o rapaz. Mui suspeito, acho eu. 

        Agora, se o vídeo nao é armaçao, por menos que eu seja favorável a esses black-bostas, é uma violência o pai impedir o filho de protestar, ainda mais “argumentando” com dinheiro. 

        • “O pai só se mostra

          “O pai só se mostra autoritário, nao fala nada contra as posiçoes do filho, que tem tempo à beça para expô-las”:

          A reacao dele pode ser tudo menos normal.  Eh possivel -mas muito improvavel- que seja so falta de preparo psicologico ou falta de licoes de como atuar em filmes…  mas bem mais possivel eh que ele ja era parte da armacao e ela ocupou toda a consciencia dele tanto que na hora do fato ele nao tinha um discurso acreditavel.

          Ate prova em contrario FOI armacao sim.

        • “E nenhum dos outros tentou

          “E nenhum dos outros tentou realmente impedir o pai de levar o rapaz”:

          Obrigado, agora caiu no lugar.  O “espetaculo” desejado era um pouco mais vulgar e violento e estridente do que esse “sabao” que a reportagem conseguiu.  O pai nao tem discurso porque nao PODE entregar o que a reportagem queria.

          Agora sim, tudo caiu no lugar.

  1. Old Black Bloc

    Essa história me fez lembra da seguinte crônica a respeito dos filhos e pais envolvidos nisso:

    Old Black Bloc

    – Filho, eu descobri essas coisas no seu armário…

    – Qual é o problema de ter uma máscara do anônimos e um taco de beisebol?

    – Você usa isso?

    – Não… quer dizer, às vezes…

    – É que estou precisando. Será que você me empresta?

    – Precisando? Pra quê?

    – É que eu li as coisas que você andou escrevendo na internet…

    – Você andou lendo o meu face?

    – Qual é o problema? Não é público?

    – É…mas…

    – Pois é, eu li o que você escreveu e …

    – Pai, eu sei que você não gostou do que eu escrevi lá , mas… eu não vou discutir, são as minhas ideias. Eu sou anarquista e…

    – Não. Eu até achei legal. Você me convenceu.

    – Convenci? De quê?

    – Tá tudo errado mesmo… eu li o que você escreveu e concordo. Agora eu sou anarquista também, que nem você…

    – Você o quê? Pai… que história é essa?

    – É, você fez a minha cabeça. tem que quebrar tudo mesmo! Agora eu sou Old Black Bloc!

    – Pai, você não pode… você é diretor de uma empresa enorme e…

    – Não sou mais não. Larguei o meu emprego. Mandei o meu chefe tomar no …. Mandei todo mundo lá tomar no ….

    – Pai, você não pode largar o seu emprego. Você está há 30 anos lá…

    – Posso sim! Aliás tô juntando uma galera pra ir lá quebrar tudo.

    – Quebrar tudo onde?

    – No meu trabalho! Vamos quebrar tudo ! Abaixo a opressão! Abaixo tudo!

    – Você não pode fazer isso, pai…

    – Posso sim! É só você me emprestar a máscara e o taco de beisebol. E aí, você vem comigo?

    – Não… acho melhor não…

    – É melhor você vir porque agora que eu larguei tudo, a gente vai ter que sair desse apartamento…

    – Sair daqui? E a gente vai morar aonde?

    – Sei lá! Vamos acampar em frente a uma empresa capitalista qualquer e exigir o fim do capitalismo!

    – Pai, você não pode fazer isso ! Não pode abandonar tudo!

    – Tô indo! Fui!

    – Peraí, pai! E onde eu vou morar? E minha mesada ? E meu computador ?
     

    Volta aqui! Volta aqui, pai!!! Voooltaaaaa!

    • Esse texto é genial. É uma

      Esse texto é genial. É uma outra versão do “diálogo” do video.

      Eu colocaria na mesma categoria dos block-blocs os MPL (os tais coxinhas do passe-livre) e esse monte de manifestante que não tem nada a fazer e para a cidade dia sim e outro também.

    • Excelente.Neste momento vejo

      Excelente.

      Neste momento vejo entrevista do Gilberto Carvalho e ele fala do clima de insatisfação contra “qualquer autoridade”, que, segundo ele, motivou as vaias…

      ´É impressionante o dom de desperdiçar a oportuniudade de dizer poucas e boas; de dizer que é coisa de gente mal criada, desinformada, intolerante; que se acredita bem sucedida mas não passa de gente grosseira, totalmente diferente da maior e melhor parte da população brasileira, etc., etc.

  2. Alienados

    A maioria destes inconsequentes que apoiam estes movimentos idiotas, são filinhos de papai alienados com idéias vindas de uma minoria que não tem o que fazer, mas querem seus 5 minutos de fama. Gostei da polícia, não liberam a passagem? não respeitam os direitos dos outros? é borracha neles….

    • Nao, Arara.  A vitima ideal

      Nao, Arara.  A vitima ideal do Black Bloc eh alguem desequilibrado emocionalmente, como o menino- mas sem “ideologia” coherente ou ate discernivel.

      Ele NAO quer nem mais educacao nem estudar (sinceramente, so um idiota acharia que ele eh ou ja foi aluno de boas notas na escola, por exemplo).  Ele quer protestar.  Nao porque entende qualquer coisa mas por ser desequilibrado, e esse eh o estrago de publicar isso como post no blog.

      Meu comentario no item original foi esse:

       

      Nassif, NAO upar esse comentario, please!

      Marco, ta com cara de armacao entre reportagem e pai.  Imagen ja estava em close up e focalizada neles dois somente desde o comeco.  A unica coisa cogente que o pai fala pro filho eh…  oferecer pra pagar a escola (O QUE?) do filho BB  -ele nao sabia que o menino quer ir pra escola nem que era BB?!?!

      E que bondade e desinteresse que ele faz essa oferta em frente a uma camera, ne?

      Ate prova em contrario, armacao.  O pai ta usando o filho e a reportagem ta usando ambos.

  3. Meu pai, que eu adoro, que de

    Meu pai, que eu adoro, que de resto sempre me apoiou e que não é “é de direita”, quando soube que eu estava indo para o congresso de refundação da UNE em Salvador simplesmente surtou.

    Ele sabia que eu fazia política estudantil e que participava de umgrupo de alfabetizadores em favelas.

    Vendo sua aflição, abri mão de ir a Salvador.

    Dias depois, sabendo que eu namorava uma menina em Salvador, me ofereceu passagem de avião de ida e volta.

    Eu fui e entendi aquilo como uma manifestação de amor do meu pai.

    E continuei fazendo política até hoje.

     

     

  4. Pai eu quero colocar bomba em

    Pai eu quero colocar bomba em aeroporto…..

    Pai quero assaltar e matar em nome da ditadura do proletáriado e do socialismo….

    Pai eu quero me unir as FARCS e lutar contra o imperialismo americano….

    Pai eu quero fazer parte do MST e invadir latifundio…

    Pai eu quero votar no PT, militar e lutar contra os neoliberais…

    Pai eu quero ser politico petista para me lucupletar do estado inchado…

    • Liberalzinho e Liberalzão

      Liberalzinho: “Pai, eu quero ser um conservador. Não, não, mais do que isso, eu quero ser um reacionário confuso, coxinha, lacaio, enfim, um calhorda direitista “

      Liberalzão: M-m-mas…filho…, isso você já é!

      • Posso dizer que roubei em

        Posso dizer que roubei em nome da causa que nunca fiquei com nada que sou pobre depois de 4 mandatos.

        Posso falar que não sabia de nada apesar das assinaturas minhas.

        Posso dizer que e culpa do PIG e que devemos criar a lei dos medios.

         

         

         

    • Adolescência do liberal

      Pai quero ser um covarde subalterno aos intereses norte americanos.

      Pai quero defender uma concentração de renda imensa, pra meu país ficar que nem a Afirca do Sul no período do Apartheid.

      Pai quero perseguir e destruir qualquer que lute pleos direitos trabalhistas.

      Pai querio ser um pau mandado que apenas abaixa a cabeça e não defende seu povo.

       

       

  5. SE O BRASIL DO FUTURO FOR ISSO, ESTAMOS NA PINDAÍBA

    Nossa, é isso que esta fazendo a mídia dinossauro ficar eufórica, riquinho dando xilique, caiu literalmente a cara dos Black Blocs. É um bando de mané buscando minuto de fama. Se isso for o futuro do Brasil estamos acabado, os caras não sabe nada de história do Brasil, Sabe nada inocente…rzrzrrzrzrzr…Que mané…..

  6. Pois é…

    Orbitamos diretamente de um estamento opressor, um Estado autoritário, onde a autoridade familiar (paterna) era exercida sob o signo do abuso e da violência para uma anomia completa, onde a famílase omite e terceiriza ao Estado (escola, conselhos tuteares, juizados da infância e polícia) a tarefa de educar estes merdinhas.

    Como dialogar com quem não quer diálogo, mas apenas impor seu “direito” de espernear?

    Uns pescoções e uns chutes na bunda no caminho de casa seriam a solução.

  7. Dezesseis anos gritando

    Dezesseis anos gritando contra tudo que estah ai e achando que eh o povo que esta sendo manipulado.

    Vejam bem o estrago que a midia brasileira faz com a assimetria da informacao.

    • Ja esta passando da hora de

      Ja esta passando da hora de pararmos com esse discurso repetitivo do “estrago que a midia brasileira faz com a assimetria da informação”.

      A “midia brasileira”, a exceção de uns poucos veiculos no passado,sempre agiu da mesma maneira, sempre apoiou golpes, politicos reacionarios,o atraso. 

      Se o PT ainda não sabia disso ou não tivesse uma estrategia para se proteger, não deveria nem ter se apresentado para governar o pais.

      Esperava o que ?

      Que os playboys herdeiros que comandam os principais veiculos de informação fossem ser isentos, honestos, patriotas?

      Sonho pueril.

      E olha que a historia ja ensinou que a direita,durante decadas, bate usando a mesma arma, isto é, os veiculos de comunicação.

      Ha anos, digo nesse blog, sem encontrar muito apoio, que o governo deveria fomentar a criação de um novo veiculo de informação disposto a falar verdades, afirmar o que deveria ser dito.

      Ja aconteceu isso, em passado recente, com a criação da Ultima Hora, apoiada por Getulio Vargas.

      Talvez o Lula não achasse que deveria repeti-lo pois confia no seu proprio talento para se comunicar.

      E poucos politicos nasceram com tamanho dom.

      Sem ele e sem nenhum veiculo de comunicação isento, Lula não teria resistido um ano no governo.

      Mas a Dilma não tem o mesmo dom e o seu companheiro não pode ajuda-la porque cortaram dele o espaço para se apresentar.

       

       

  8. Black Bloc?

    Só pq tava com máscara é Black Block?

    Pra mim, nem Black Bloc ele era!

    Só mais um jovem que que se manifestar e ponto.

    E mais um pai reaça que tem apoio dos demais reaças

  9. Mas quem é o Black bloc  ali

    Mas quem é o Black bloc  ali ? O pai ou o filho?

    É armação evidente  mesmo considerando que 

    as argumentações  reais  não são lá muito melhores.

  10. Uma coisa do qual eu me

    Uma coisa do qual eu me orgulho dos meus pais, entre outras coisas, é o nível de politização que tive durante minha adolescencia.

    Sempre ouvi da vida difícil que meus pais levavam, em plena década de 70, onde o “milagre brasileiro” sequer chegou a eles. E o pau comia. Quantos amigos deles simplismente desapareceram. Minha mãe, que morarva na periferia de Santos, ouvia histórias tenebrosas do “esquadrão da morte”. Isso em 1970, época onde “podia sair na rua tranquilo sem ser assaltado”.

    Sempre converso com meus pais sobre política. Meu pai, professor, sofre muito pelos patrões que ele já teve (Covas, Serra e Alckimin). Minha mãe, já votou no Lula e na Dilma, reclama que eles poderiam fazer muito mais, mas não vê neles o “caos generalizado” que a mídia propaga.

    Educação política. Coisa que vou dar para meus filhos, com certeza.

     

  11. O pai tem todo o jeitão de

    O pai tem todo o jeitão de coxinha petista, não se conformando por ter um filho que acha não ser o governo dos companheiros essa maravilha toda.

  12. Tem que avisar para esse

    Tem que avisar para esse rapaz que na epoca do fhc não tinha educação nem saude 9muito menos emprego), quando estudava na epoca eram apenas dez vagas no credito educativo para mais de quatro mil alunos, parei dois anos de estudar por causa disso, dois anos de minha vida perdida e quando voltei, pagando do proprio bolso, meus colegas estava quase se formando e eu ainda começando, tem dezesseis anos e acha que sabe de alguma coisa e os outros é que são manipulados, santa paciencia.

  13. É o revoltado contra as

    É o revoltado contra as injustiças sociais lutando do lado errado. 

    Deseja melhor saúde e melhor educação. Acredita que com a violência alcancará seus objetivos. Mal sabe ele que as consequências de suas ações só contribuirão para piorar a situação que ele acha inaceitável.

    “A nossa indignação
    É uma mosca sem asas
    Não ultrapassa as janelas
    De nossas casas”  (skank)

  14. Agradeço aos deuses por meu

    Agradeço aos deuses por meu filho não estar envolvido com esses black bosta. É uma aflição para qualquer pai e mãe, ver o filho engajado numa milicia fascista, de classe media, depredando a cidade, usando  o povo como alibi.  Criaturinha, vá fazer politica em outro lugar. Tem outras alternativas mais democraticas e legitimas …

  15. O que eu acho sobre o pai e

    O que eu acho sobre o pai e filho discutindo, resumo no seguinte diálogo:
    Garoto: “Você não estava falando comigo! Por que fala agora?”.
    Pai: “Você não vai mudar o mundo, meu filho!!!”.
    Garoto: “Mas eu quero tentar”.
    Pai: “Não, você não vai mudar o mundo”.

    E se eu pudesse falar pro garoto só diria o seguinte: quando se é garoto todo mundo quer mudar o mundo. Depois que crescemos, só quem consegue mudar o mundo são aqueles que NÃO escutam todos aqueles, como esse (seu) pai, que afirmam ser impossível.

  16. Ele fala que sabe que é

    Ele fala que sabe que é “dimenor”. 

    Vi o vídeo ontem de manhã e não achei armação. O garoto deve ter sido descoberto pelo pai que curtia o feriado da Copa. A mãe provavelmente já sabia e não tinha conseguido dissuadir o garoto toddynho. O pai vai buscá-lo na manifestação e passa um sabão nele e por fim consegue levá-lo para casa.

    • “O garoto deve ter sido

      “O garoto deve ter sido descoberto pelo pai que curtia o feriado da Copa. A mãe provavelmente já sabia e não tinha conseguido dissuadir o garoto toddynho”:

      Nao, querida.  O que o pai fala nao bate com nada do que eu conheco de psicologia nem de psicotica.  E eh improvavel que havia “mae” no meio.  O menino eh carente em todos os sentidos -eh por isso que o pai o tenta “convencer” com pagamento de escola…   AGORA.  Em frente de uma camera da rede golpe!

      Ate prova em contrario…  armacao mediatica.

       

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome