Fiat Chrysler é acusada de fraudar emissões de poluentes nos EUA

Jornal GGN – Após o anúncio do acordo da Volkswagen nos EUA  no qual a montadora admitiu sua culpa em fraudes de emissões de poluentes nos carros a diesel, agora a Fiat Chrysler (FCA) é acusada de utilizar um software que permite a emissão excessiva de poluentes.
 
A acusação vem da Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, e a fraude também ocorreria em veículos a diesel. A EPA é a mesma agência que acusou a VW.

 
 
O caso envolve 104 mil veículos dos modelos RAM 1500 e Jeep Grand Cherokee, entre os anos 2014 e 2016. A agência diz que o dispositivo auxiliar de controle de emissões dos carros viola leis ambientais do país, emitindo mais monóxido de nitrogênio. 
 
Este tipo de dispositivo pode ser utilizado pelas montadoras, mas as empresas devem informar seu uso para as autoridades. Segundo a EPA, a Fiat Chrysler não declarou a existência do software e agora as investigações tentam descobrir se ele tem funcionamento similar ao da Volkswagen. 
 
A FCA disse que seus veículos com motores a diesel atendem às normas estabelecidas, e que irá provar que o programa não é fraudulento. As ações da companhia chegaram a cair 16% na tarde de ontem na Bolsa de Milão. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paulo F.

- 2017-01-13 23:19:03

Falei!!!! Depois da VW a Fiat.

VW foi boi de piranha.

99,9% das montadoras tem emissão superior aos índices (que também são absurdos).

Um jogo de sombras.

 

 

ze sergio

- 2017-01-13 20:54:11

fiat.....

O governo do seu país está querendo a destruir por esta causa? Só para lembrar, são as mesmas empresas que gastam fortunas com Ong's (logicamente instaladas nos seus países) para criticar o uso do Meio Ambiente nos países dos outros. É um monte de propaganda: Eco pra cá, Eco pra lá. Vamos salvar as "nossas" florestas para manter o ar mais limpo...( e isto acontece nos ótimos automóveis deles. Imagina a qualidade do ar que sai das carroças que vendem aqui?) E otários, bombardeados por muita propaganda na TV, único recurso de um país de acesso limitadissimo às informações, aceita tudo com seu "cabresto último modelo". 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador