Gilmar vê esperança também no plenário: “Supremo está voltando a ser Supremo”

Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou, segundo relatos do Estadão, que para além da segunda turma, o plenário da Corte também tem tomado “boas decisões” no últimos tempos e isso é um sinal de que o Supremo está “voltando para um plano de maior institucionalidade”.
 
Como exemplo, Gilmar citou o julgamento sobre “a questão das conduções coercitivas”, que “coloca bem claro qual é o padrão de estado de Direito que deve presidir o País.” Ele também mencionou a absolvição de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo na segunda turma. “(…) acho que também aqui o tribunal afirmou o que é o significado das delações. Acho que estamos caminhando bem, o Supremo voltando a ser Supremo.”
 
Na terça (26), a segunda turma do STF impôs algumas derrotas ao relator da Lava Jato, Edson Fachin. Entre elas está a concessão de liminar em habeas corpus a José Dirceu, tirando o ex-ministro da prisão. Questionado sobre o julgamento, Gilmar disse apenas: “Sem nenhuma novidade”. Quando perguntado se a liberdade de Dirceu é precedente para Lula, o ministro disse: “Vamos aguardar”.
 
Depois de retirar o julgamento de uma medida cautelar que poderia suspender a pena de Lula e permitir que ele fosse colocado em liberdade, Fachin remeteu o recurso do petista ao plenário do Supremo. Analistas têm dito que, no plenário, a derrota de Lula é mais provável. Isso, claro, quando a presidente Cármen Lúcia tiver a boa vontade de colocar o julgamento em pauta.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora