Eleição da Câmara conta com um novo componente: Fábio Ramalho

Deputado do MDB insiste em candidatura própria, e pode abrir espaço para um eventual segundo turno entre Arthur Lira e Baleia Rossi

Deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) - Foto: Pedro França/Agência Senado

Jornal GGN – Um terceiro componente pode aumentar a já acirrada disputa pela presidência da Câmara dos Deputados: Fábio Ramalho (MDB-MG) insiste em sua candidatura, afirmando que recebeu pedido de “mais de cem deputados”.

Segundo o jornal O Globo, a presença do deputado – conhecido como Fabinho liderança pelos colegas – pode levar a disputa entre Arthur Lira e Baleia Rossi para o segundo turno. Em 2019, quando Rodrigo Maia montou uma aliança que garantiu sua reeleição, Ramalho obteve 66 votos.

A aposta de Ramalho é nos parlamentares do “fundo do plenário”, que estão descontentes com as principais candidaturas, ressaltando que as conversas dos principais candidatos têm como foco apenas os líderes dos partidos. O deputado nutre simpatia por Bolsonaro e foi o principal defensor da criação do Tribunal Regional Federal de Minas Gerais, que está em andamento no Senado Federal.

 

Leia Também
Baleia Rossi é o escolhido de Maia para disputar presidência da Câmara
Sucessão na Câmara e economia, por Paulo Kliass
Maia fecha maioria em grupo de recesso parlamentar, decisivo para sucessão na Câmara
O candidato de Maia e o próximo passo da esquerda, por Luis Felipe Miguel
O bastidor indigesto das eleições no Congresso, por Gustavo Conde
Com bloco, Maia pode ter maioria de votos para eleição de seu sucessor na Câmara

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora