Facebook anuncia manutenção de perfis bolsonaristas no exterior

Empresa entende que determinação de Alexandre de Moraes extrapola jurisdição brasileira, e irá recorrer ao STF; perfis seguem sem acesso no Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jornal GGN – O Facebook anunciou que não irá atender determinação do ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e os perfis de bolsonaristas investigados no inquérito das fake news seguirão disponíveis para acesso no exterior.

“Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF contra a decisão de bloqueio global de contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites à sua jurisdição e a legitimidade de outras jurisdições”, diz nota da assessoria de imprensa do Facebook, segundo informações do jornal Folha de São Paulo. A empresa suspendeu os perfis no Brasil desde sexta-feira.

O posicionamento da empresa comandada por Mark Zuckenberg contraria o que adotou o Twitter, que retirou os perfis do ar no mundo todo. Dentre os perfis suspensos, estão o do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), Sara Giromini (conhecida como Sara Winter), o blogueiro Allan dos Santos e os empresários Luciano Hang e Edgard Corona.

O inquérito das fake news está investigando ameaças e divulgação de notícias falsas contra integrantes da Corte nas redes sociais.

 

 

Leia Também
Allan dos Santos deixa o Brasil e acusa ministro Barroso de prevaricação
Aras tem plano B para acabar com protagonismo de Dallagnol na Lava Jato
Bolsonaro desdenha da vacina chinesa antes de ter a de Oxford garantida

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora