Organizadores de “motociata” coletaram dados dos manifestantes para criar “rede digital bolsonarista”, diz jornal

Para participar do ato as pessoas interessadas foram orientadas pela organização do evento a preencher um cadastro prévio

Site para o cadastro dos participantes da "motociata". | Foto: Reprodução

Jornal GGN – Os empresários paulistas organizadores da manifestação de motociclistas, conhecida como “motociata”, em apoio a Jair Bolsonaro (sem partido), que aconteceu no último sábado, 12, construíram “um imenso banco de dados” com informações pessoais dos manifestantes, que serão usados para montar uma “rede digital bolsonarista e viabilizar novos atos” à favor do mandatário, informou a reportagem de Vinícius Valfré, no Estadão.

Para participar do ato as pessoas interessadas foram orientadas pela organização do evento a preencher um cadastro prévio, sob a alegação de que a ação era recomendada pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência para garantir a proteção do chefe do Executivo.

De acordo com reportagem, o grupo de organizadores afirmou ter coletado registros de 500 mil pessoas, com nome completo, CPF, número de celular, data de nascimento, e-mail, nome da mãe, modelo da moto e placa. 

O site que recolheu os dados pessoais foi registrado por Roberto Jorge Alexandre, filiado ao Podemos (ex-PTN) e amigo do empresário bolsonarista e presidente da Embaixada do Comércio de São Paulo, Jackson Vilar da Silva, o organizador do evento denominado “Acelera para Cristo”. 

Alexandre afirmou à reportagem que os dados não devem ter fins comerciais, mas deverão ser reutilizados de outra forma no futuro. “Interessa para a Embaixada do Comércio se comunicar com pessoas, mandar e-mails para próximos eventos”, contou. Ele garantiu, no entanto, que o procedimento foi feito “porque o GSI pede mesmo o cadastro de pessoas”. 

Procurado, o GSI informou em nota que “não se manifesta sobre protocolos de segurança e outras ações” referentes a eventos com a presença de Bolsonaro do vice e dos familiares deles.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome