Diário Oficial confirma Kássio Nunes indicado ao Supremo

Dado como produtivo, discreto e garantista por setores da mídia, Kassio Nunes na vaga de Celso de Mello surpreendeu positivamente membros do STF e o meio político e jurídico

Jornal GGN – Jair Bolsonaro confirmou a indicação de Kássio Nunes ao Supremo Tribunal Federal por meio de portaria publicada no Diário Oficial nesta sexta (2/10). A informação é do Conjur.

Kassio é desembargador federal do TRF-1, indicado para a vaga pelo quinto constitucional (OAB) e confirmado por Dilma Rousseff. Produtivo, discreto e garantista, a indicação surpreendeu positivamente membros do STF, a própria mídia e o meio político e jurídico.

Na quinta, setores da imprensa tradicional divulgaram que Bolsonaro estava sofrendo forte pressão de seus eleitores para desistir da indicação. O presidente prometera um evangélico ou ultraconservador para a vaga de Celso de Mello, que se aposenta em 13 de outubro. Kassio é católico e nordestino.

Colunistas da grande mídia, de Thaís Oyama a Bela Megale, divergiram na apuração sobre como Kassio teria caído na graça de Bolsonaro. Segundo a primeira, Helio Negão e Ciro Nogueira teriam apresentado o desembargador a Bolsonaro há cerca de três ou dois meses. Já Megale afirmou que a relação é de longa data e que Kássio seria o juiz que “toma cerveja” com Bolsonaro.

O desembargador deverá ser aprovado após sabatina no Senado. Sua nomeação precisa ser votada no plenário e deverá contar com maioria absoluta.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora