Oposição se une por Frente Ampla em Defesa da Democracia e Soberania

Foto Rogério Thomaz

Jornal GGN – Nesta quarta-feira, dia 7, os dirigentes de oposição se reuniram na sede nacional do PDT, em Brasília, definindo a criação de Frente Ampla em Defesa da Democracia e da Soberania Nacional. A Frente Ampla deverá ser lançada ainda este mês e reúne PT, PDT, PSB, PCdoB e PSOL, os candidatos à presidência pelos partidos, democratas de outras legendas, governadores, movimentos sociais e personalidades.
 
“Este é um passo muito importante para construirmos a unidade da centro-esquerda e das forças progressistas no país”, disse a senadora Gleisi Hoffmann.

 
“Nós reunimos os partidos de oposição, os partidos de centro-esquerda, que têm um projeto diferente para o País. Independente das disputas políticas, eleitorais, de candidaturas, esses partidos pensam o Brasil de forma diferente. Pensam o Brasil inclusivo, pensam o Brasil soberano, pensam o Brasil para todo o povo e foi isso que nós discutimos aqui: como nós consolidar uma movimentação e uma frente que defendam a democracia, os direitos sociais e a soberania nacional”, complementou.
 
Junto com Gleisi, estiveram na reunião o líder do PDT na Câmara, André Figueiredo; o líder do PSB no Senado, João Capiberibe; a presidente do PCdoB, Luciana Santos; o presidente do PSOL, Juliano Medeiros; e o senador Roberto Requião (PMDB/PR).
 
Com Agência PT de Notícias

8 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

C.Poivre

- 2018-02-08 12:34:54

E o PCO?

É estranho a ausência do PCO, de longe o partido que vem combatendo com mais intensidade o golpe de 2016. Será que não foi convidado ou não quis participar?

C.Poivre

- 2018-02-08 01:20:44

Antes tarde do que nunca!

Esta Frente deveria ter sido constituída quando surgiram os primeiros sinais do golpe ainda com Dilma presidenta, que não teve competência política para viabilizá-la. A segunda oportunidade foi logo da ilegal aprovação de seu impedimento na Câmara dos Horrores e depois disso já tivemos um ano e meio de golpe para que esta Frente fosse organizada. Vamos ver se agora vai.

Lucinei

- 2018-02-07 23:45:40

Ah, agora vai!
Ah, agora vai!

Edna Baker

- 2018-02-07 23:14:17

Pergunta difícil de

Pergunta difícil de responder.

Milton Murilo

- 2018-02-07 21:31:27

Oposição se une por Frente Ampla em Defesa da Democracia e Sober

Não se pode pedir grandes avanços de imediato. Não é fácil aos partidos citados formar uma genda comum após anos e anos de brigalhada que só favorecem o conservadorismo.

Espero que seja apenas o começo no estabelecimento de uma pauta comum e pacto de não agressão.

Temos que ter em mente que todos os avanços deverão ser discutidos dentro dos partidos para então retornarem à mesa comum.

As bases partidárias devem se manifestar claramente pelos objetivos comuns e pressionarem os dirigentes. 

Ou não teremos união.

A união é possível e muito bem vinda.

De longe só podemos aguardar com esperança.

izaías almadaI

- 2018-02-07 20:57:26

Quando é que terminam o bla,

Quando é que terminam o bla, bla, bla, as reuniões, os dircursos do "vamos fazer isso, fazer aquilo"? Já está mais do que visto que a chamada oposição brasileira perdeu o rumo com um golpinho de estado merreca apoiado por 300 picaretas no Congresso, 11 juízes cuja vaidade é maior que o destino do país e uma meia dúzia de procuradores justiceiros, verdadeiros Elliot Ness da Grota do Fundão. Vergonha. Pobre Brasil!

CB

- 2018-02-07 20:49:54

O que o PSB fazia nesta

O que o PSB fazia nesta reunião?

alexis

- 2018-02-07 20:46:13

Urgente

Um comando único, poucas bandeiras e poucas palavras de ordem e, principalmente, indiquem horário, ir para onde, e para fazer o que. Chega de ficarmos como barata tonta.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador