Sempre que é julgado fora de Curitiba, Lula vence

Saiba quais são as cinco ações que Lula conseguiu derrotar na Justiça, e as três, em Curitiba, que podem ser derrubadas com o HC da suspeição de Moro

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN – “Sempre que foi julgado por um órgão imparcial e independente — fora da Lava Jato de Curitiba — Lula foi absolvido ou a acusação foi sumariamente rejeitada”.

É assim que o advogado Cristiano Zanin resume as cinco vitórias que Lula já obteve nos tribunais contra as denúncias da Lava Jato ou seus desdobramentos.

Nesta terça (1/9), foi a vez do TRF-1 rejeitar uma ação da Procuradoria do Distrito Federal por tráfico de influência contra o petista.

A acusação envolvia um sobrinho de Lula, o empresário Taiguara Rodrigues, e negócios da Odebrecht em Angola.

Segundo a defesa, o tribunal admitiu que a peça era “precária, sem qualquer suporte probatório mínimo e sem sequer especificar as condutas atribuídas a Lula.” O GGN apontou fragilidades no processo ainda em 2016.

Na Lava Jato em Curitiba, Lula já foi condenado no caso triplex e pelo sítio de Atibaia. A defesa recorre em instâncias superiores.

Além disso, há uma terceira ação penal aguardando sentença. Trata-se da acusação de que a Odebrecht supostamente tentou favorecer Lula com um terreno jamais usado pelo Instituto que leva seu nome. A turma de Curitiba também questiona a origem dos recursos usados na compra de um apartamento que pertence ao empresário Glaucos da Costamarques, também apontado como favorecimento a Lula. O GGN detalhou o caso aqui.

A defesa de Lula espera que as três ações em Curitiba voltem à estaca zero quando e se a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal acolher dois habeas corpus que apontam a suspeição de Sergio Moro e dos procuradores da República.

Leia também:  EUA receberão informações sigilosas da Petrobras graças à Lava Jato

Além da decisão do TRF-1, Zanin resume em nota à imprensa as outras quatro vitórias de Lula nos tribunais.

O GGN reproduz abaixo:

1) Caso “Quadrilhão”: 12ª Vara Federal Criminal de Brasília – Processo n.º 1026137-89.20184.01.3400 – o ex-presidente Lula foi absolvido sumariamente e a decisão se tornou definitiva (trânsito em julgado);

2) Caso “Obstrução de justiça” (Delcídio do Amaral) – 10ª Vara Federal Criminal de Brasília – Processo n.º 0042543-76.2016.4.01.3400 (42543-76.2016.4.01.3400) – o ex-Presidente Lula foi absolvido por sentença que se tornou definitiva (trânsito em julgado);

3) Caso “Frei Chico”: 7ª Vara Criminal Federal de São Paulo – Inquérito n.º 0008455-20.2017.4.03.6181 – rejeição da denúncia em relação ao ex-presidente Lula confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 3ª. Região;

4) Caso “Invasão do Tríplex”: 6ª Vara Criminal Federal de Santos – Inquérito n.º 50002161-75.2020.4.03.6104 – denúncia sumariamente rejeitada em relação ao ex-presidente Lula.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. Parece que somos otários . Devemos ser mesmo.
    Não dá para comemorar nada disso. É tudo fumaça.
    O presidente Lula foi preso e impedido de ser candidato, provavelmente vitorioso, à presidência da república.
    Todas essas ações absurdas tinham e tem como objetivo marginalizar o presidente Lula e seu partido.
    Cumpriram o seu papel com ampla repercussão na mídia golpista.
    Agora nada disso importa.
    O presidente Lula ficou preso injustamente por quase 600 dias. O povo brasileiro foi impedido de escolher aquele que queria para a presidência e foi impelido a escolher alguém que,até agora,foi o responsável pela morte de mais de 120 mil brasileiros.
    O essencial não é ganhar essas ações marginais. O essencial é a suspeição do camisa preta do Paraná, o cancelamento de todos os processos contra o presidente Lula e a restituição de seus direitos políticos.
    Sem isso não temos motivos para comemorar.
    Sem isso estamos em plena ditadura.

    20
    • disse tudo, concordo plenamente…
      fez-se luz fora de Curitiba, mas o interruptor continua lá

      Desconfio que a condenação do Lula foi para uso próprio, algo que poderemos confirmar quando seus principais algozes entrarem pra política

      e também que o Judiciário não vai querer mergulhar nas ruínas do seu passado morista para impedir que vençam as eleições. Tenho quase certeza que ainda querem sair de lá vencedores

      5
      1
    • Pois é… isso é apenas pessoal dos EUA limpando a cena do crime, para dar seguimento ao desmonte do estado democrático de direito brasileiro. Podem cancelar tudo de ilegal feito pela Lava Jato para evitar que as acusações continuem mas segue o plano de subordinação brasileira ao dólar, de privatizações, de desmonte da cultura, da saúde, da educação… até do jornalismo, continua virando tudo subordinado a empresas privadas do dólar. Enfim, de que adianta liberar Lula se continuamos numa “chilenização” geral? Talvez fosse até melhor para os civilizados que Lula continuasse com o peso das ações sobre sua cabeça, pelo menos não correríamos o risco de aliviados desmobilizarmo-nos na defesa do nosso país.

      Quanto a Lula, independente dele achar que não há mais lugar para ele nas instituições, em cargo eletivo, essas vitórias, creio eu, não mudam em nada sua disposição e suas ações pela construção de nova democracia, já que a que havia foi destruída. Tomara que a nova não venha com cláusulas de anistia aos golpistas…

      6
      1
  2. Das duas uma: Ou só existe justiça em Curitiba ou aquilo é uma quadrilha, disfarçada de juízes e promotores. Fico com a segunda hipótese.

    13
    2
  3. Nassif: você não pode esquecer não se trata de uma questão política. O ódio é social-econômico, tanto pelas Elites, que nunca perdoaram o SapoBarbudo de ter governado melhor que o PríncipeParisiense, e pelas Baionetas do pico das Agulhas, que sustenta a catrefa. Para “condenar” o MelianteOperárioNordestino esse Judiciário do sul não precisa de nadica. Qualquer PowerPoint, ou até menos, é prova robusta para a sentença fatal. E quando apertados, os caras saem como o GogoboyMor, beneficiado com arquivamento dos causos em troca de uma saidahonrada do meliante avivado. É capaz até de ser candidato a qualquer coisa, pra ampliar a imunidade (ou imundice?). Alias, esses “arquivamentos” dos processos contra ele faz lembrar a “Anistia” aos VerdeSauvas64. Portanto, ponha os pés no chão. As “ordens” ainda são ditadas pelas baionetas da QuerênciaDeCruzAlta.

    6
    2

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome