Política genocida de Witzel vitima mais um trabalhador

Morador da Barreira do Vasco é baleado e morto quando chegava do trabalho. Segundo informações dos moradores, não havia operação na comunidade no momento do ocorrido

Mais um trabalhador morto por motivo fútil, segundo as testemunhas. O excludente de ilicitude e os estímulos da política de morte do governador Wilson Witzel fazem mais uma vítima civil.

https://twitter.com/eurenesilva/status/1193138563392659456?s=20

https://twitter.com/eurenesilva/status/1193140004882702336?s=20

 

5 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

- 2019-11-12 10:21:41

Faltam, necessariamente nessa ordem: coragem e responsabilidade.

José Carlos Lima

- 2019-11-09 20:16:35

Até quando esse necropopulismo de Witzel vai continuar? O que falta para que as Instituições digam : pare com isso, Veio Hitzel

Ignacio Sans

- 2019-11-09 17:27:44

É um trabalhador de um bar bem tradicional ali da Lapa. https://extra.globo.com/casos-de-policia/gerente-de-bar-morto-com-tiro-na-cabeca-na-barreira-do-vasco-ao-voltar-do-trabalho-24072149.html

Paulo Dantas

- 2019-11-09 13:44:14

Meu cedo para jogar na conta só do governador , e não gosto nada dele.

a.ali

- 2019-11-09 11:06:55

a "higienização" desse governo salafrário. e, ainda, tem o peito de afrontar nassif!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador