Início Editoria Cidadania

Cidadania

“Vamos matar os Yanomami”: relatos de um povo sob ataque

Abandonados à própria sorte, indígenas da região do Palimiú denunciam em documento que explosão do garimpo estabeleceu novo patamar de violência, marcado por ameaças de morte e milícias armadas encapuzadas

As praças brasileiras e os heróis inventados, por Ricardo Mezavila

Qualquer ato contra símbolos burgueses repressores, escravocratas, e de seguimento capitalista que oprimiu povos originários e negros, é legítimo e necessário para abrir discussão sobre suas representatividades e exposições.

Ku Klux Klan, Brilhante Ustra e Adolf Hitler: referências do bolsonarismo, por Carolina Maria...

Esse foi o presidente que o Brasil escolheu em 2018. Um militar que já foi saudado por um ex-líder da Ku Klux Klan, que apoia abertamente a ditadura de 1964, fã do torturador Carlos Brilhante Ustra e que agora aparece abraçado à herdeiros do nazismo.

Um ensaio sobre o conceito de liberdade e a ficção da modernidade, por Nathan...

Antecipando a conclusão, aquilo que será defendido é que as ruínas da modernidade não expressam a derrota de suas promessas, mas a incompatibilidade de suas premissas com o regime de propriedade capitalista.

PL 5.343/2020: direitos confundidos com privilégios e estratégia de proteção social limitante

“O projeto parte de uma concepção bastante restritiva de pobreza, limitando a exclusivamente à renda monetária, quando já está mais do que estabelecido que a pobreza é multidimensional e remete a situações de privações como a falta de acessos a serviços públicos”

O STF na era do “copiar e colar”, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Desde que assumiu a presidência do STF, Fux tem agido como se fosse uma espécie de secretário de negócios jurídicos de Jair Bolsonaro.

Negros, indígenas, quilombolas e caiçaras não tiram férias, por Cristiane Corrêa de Souza Hillal

Donizete, Ditinho, Monca e Romário vivem no país das meninas negras que ganham medalha de prata. Da fadinha que troca aplausos pela saúde das pessoas. Da rainha do baile funk da favela, que não morreu de bala perdida.

Políticos articulam para derrubar veto de Bolsonaro a remédio contra o câncer

Embora aprovada no início do mês, governo vetou projeto por possível comprometimento do mercado dos planos de saúde

Uma anticandidatura ao STF: Soraia Mendes e o debate sobre legitimidade, por Tânia Oliveira

Candidaturas chamadas de simbólicas não são uma novidade na história, no Brasil ou fora dele. As questões que delas emergem não se atêm à lógica dos envolvidos, mas evocam temas que merecem ser abordados em perspectiva crítica.

No Dia do Agricultor, SecomVc abre fogo contra o bom senso

A voz do governo nas redes, fora o perfil particular do presidente, é um bom balizador desses tempos. Suas postagens existem para glorificar a violência imposta por esse governo.

Ataques contra a imprensa por Bolsonaro aumenta 74% em 2021, aponta RSF

Entidade destaca que as jornalistas mulheres são as vítimas preferenciais do "machismo primário e grosseiro da família Bolsonaro"

Não existe prescrição de crimes de ex-agente da ditadura, decide TRF3

Harry Shibata omitiu marcas evidentes nos corpos das vítimas e endossou a versão oficial criada na época, de que os militantes haviam sido mortos após troca de tiros com agentes das forças de segurança.

Com previsão de frio intenso, movimentos de São Paulo pedem doações de agasalhos e...

Instituto de Meteorologia confirma previsão de frio intenso para esta semana nas regiões do Centro-Sul. Nova e intensa onda de baixas temperaturas coloca em risco a população em situação de rua. Confira os pontos de arrecadação em São Paulo

Para que serve uma estátua?, por Fernando Horta

Ao queimar a estátua está se fazendo a disputa política pela memória. Está se criando um discurso político exigindo a tutela do Estado para a negação dos valores (monumento) que a estátua simboliza.

Nostalgia restauradora e retorno ao passado: o sentido das práticas desconstituintes no Brasil atual,...

O Brasil, tantas vezes descrito como o “país do futuro”, com ênfase na perspectiva de realização de seu imenso potencial, agora se vê exposto à supressão desta dimensão prospectiva.

“Se o povo se unir, Bolsonaro vai cair”, gritou a resistência brasileira em Frankfurt

Além de Frankfurt, outras cidades da Alemanha, como Freiburgo, Colônia, Berlim e Munique também foram às ruas para protestar contra a política neoliberal destrutiva em curso no Brasil, pelo auxílio emergencial e pela vacinação para todos.

O sistema x Conrado Hubner, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Se a importância de um colunista pode ser medido pelos inimigos que ele faz, podemos dizer que Hubner é um dos maiores colunistas brasileiros nesse momento.

Partido de esquerda e luta de classes: uma questão organizacional, por Francisco Celso Calmon

A democracia institucional no Brasil é frágil. A democracia de raiz, de baixo para cima, nunca existiu. Porém é imprescindível. Construir esta democracia é tarefa longa e árdua.

Sobre meninos que descobrem o vento, por Eduardo Ramos

Falemos do menino retirante, que chegou em São Paulo nos anos 50, fugindo da seca e da fome em seu Estado natal, Pernambuco.

O golpe militar no labirinto de espelhos da guerra semiótica criptografada, por Wilson Ferreira

Cenário de dissonâncias para apagar as pistas do verdadeiro golpe que já ocorreu, contando com o efeito Heisenberg midiático e as fraquezas do “terreno humano”: explorar o pecado da vaidade de jornalistas que buscam vantagens pessoais e profissionais.

Leia também

Últimas notícias

GGN