Paulo Marinho tenta recuperar antigo celular de Bebianno

Aparelho teria conversas mantidas durante a campanha de Jair Bolsonaro; empresário diz que renuncia à suplência do Senado se Flávio Bolsonaro deixar cargo

O empresário Paulo Marinho. Foto: Reprodução/Poder 360

Jornal GGN – O empresário Paulo Marinho está tentando recuperar um antigo aparelho celular do ex-ministro Gustavo Bebianno, falecido por infarto em março.

Em entrevista à jornalista Andreia Sadi, do portal G1, Marinho diz que o aparelho está nos Estados Unidos e contém informações de um ano e meio de coordenação de campanha do então candidato à presidência Jair Bolsonaro.

“Esse celular tem registros de conversas dele durante um ano e meio de convívio da campanha, entre ele e todas as pessoas que participaram da campanha”, disse. “Eu não posso te dizer o que tem, até porque eu não tenho conhecimento, mas eu quero resgatar esse telefone, até pra saber o que tem ali, para acabar com essa dúvida, que é sua e que é minha também.”

Marinho também chamou de “covardia” a saída de Bebianno do governo, e que essa é uma das motivações para revelar agora o suposto vazamento da operação Furna da Onça.

Suplente de Flávio Bolsonaro, ele diz que o parlamentar perdeu a condição de representar o Rio de Janeiro no Senado, mas garantiu que não tem interesse em assumir o mandato.

 

Leia Também
Paulo Marinho sofre devassa em contas após delatar Flávio Bolsonaro
A denúncia de Paulo Marinho e a anulação das eleições, por Wilton Cardoso
Paulo Marinho diz ter “provas” do vazamento da PF sobre caso Queiroz
A vida pregressa de Moro: GGN investiga a trajetória do ex-juiz com ajuda de leitores

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Lava Jato de Curitiba deve fornecer cópia de dados sigilosos à Corregedoria

2 comentários

  1. Bolsonaro está cada vez mais isolado.
    Não é só o seu séquito que fica no curralzinho. Ele também tem o seu…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome