fbpx
Início Tags Keynes

Tag: Keynes

Parcerias entre BNDES, BB e CEF – Operacionalizando Keynes e Minsky, por Cézar Manoel...

Os bancos operacionalizam, portanto, importante premissa Keynesiana: os investimentos são realizados à priori e não a poupança, como propõem os economistas ortodoxos.

Terminando a crise pandêmica, haverá um retorno a Keynes? Por Michael Roberts

Quais políticas econômicas devem ser adotadas para acabar com essa 'queda do bloqueio' e evitar ou reduzir o impacto sobre o sustento de bilhões?

Austeridade: uma concha vazia, por Isabela Prado

As promessas de melhoria fiscal a partir de medidas de contenção de gastos não têm se concretizado, e o déficit democrático só aumenta. Como dizia Mandela, ‘democracia com fome, sem educação e saúde para a maioria, é uma concha vazia’

No curto prazo todos estaremos mortos: apontamentos críticos sobre o novo consenso “keynesiano”, por...

Se qualquer aparência de normalidade e previsibilidade se torna insustentável, mesmo como retórica ardilosa e hipócrita, o que resta apenas como carta na manga é a máxima salvacionista de Keynes, de que é preciso “salvar o capitalismo dos capitalistas”.

As cicatrizes, por Michael Roberts

Você esperaria que os conselheiros de Trump e os chefes de Wall Street proclamassem um retorno rápido ao normal (mesmo que os economistas em casas de investimento tenham uma visão diferente), mas você pode achar surpreendente que os principais keynesianos concordem. 

As ilusões keynesianas do pós-coronavírus, por Wilton Cardoso

Um sentimento é a esperança de que a tragédia do coronavírus finalmente faça o país e o mundo acordarem para a necessidade da retomada de um estado democrático forte, que regule e dê direção aos mercados.

Keynes volta a galope, Hayek no limbo da história, por Andre Motta Araujo

Pascácios neoliberais acham que tudo volta ao normal depois da crise sanitária. Ledo engano. A operação keynesiana nos países ricos e suas vertentes nos emergentes vai mudar a geografia do dinheiro e contas serão apresentadas.

Keynes previu a Alemanha nazista em 1919, diz cientista político no NYT

Livro “As conseqüências econômicas da paz”, escrito em 1919, quando tinha 36 anos, previu o caos que se seguiria na Europa após o tratado de paz de Versalhes, e a Alemanha nazista

Keynes visionário na Conferência de Versalhes, por Andre Motta Araujo

KEYNES não era um profeta, era apenas um cérebro luminoso lembrando da importância do pensamento econômico para o futuro dos povos.

Bolsa respiro ou a estagnação da miséria, por André Motta Araújo

Com todas as lições da História, é inacreditável que ainda existam mentes no Brasil que se iludem com a quimera do "investidor" resgatando o País da crise

“Velho Keynesianismo” vs. “Novo keynesianismo” sobre o efeito da política monetária, por Tracy Mott

‘O espaço que as taxas de juros têm de afetar o investimento é muito pequeno. Ciclos de gastos com investimentos vêm de interações entre investimentos, lucros, produção nacional, capacidade e dívida’

Keynes era realmente um conservador, por Bruce Bartlett

"Na guerra de classes", disse Keynes, "me encontrarás do lado da burguesia educada". Para economista, se o Estado não intervir na economia, as pessoas vão abandonar o capitalismo

A impressão de moeda não causa inflação (necessariamente), por Paulo Gala

Para economistas de corte mais keynesiano, a moeda tem efeitos reais na economia, ou seja, é capaz de afetar nível de produção, emprego e renda. Para economistas da linha neoclássica a moeda tende a ser neutra, especialmente no longo prazo.

As consequências econômicas da Lava Jato, por Artur Araújo

Para entender o desmonte da indústria nacional: operação preservou fortunas pessoais de empresários e mirou Petrobras e empreiteiras. Milhares foram demitidos, receitas minguaram e setores estratégicos caem em mãos estrangeiras

A busca da economia ética, por Jospeh Stiglitz

É através do nosso sistema político que as regras da economia são estabelecidas, e quando os resultados dessas regras são inaceitáveis - como na crise de 2008 - as conseqüências devem ser abordadas e resolvidas através de mudanças radicais.

O papel dos Bancos de Fomento, por André Motta Araújo

Considerar que o BNDES deve ser extinto, como pensam alguns malucos neoliberais que hoje comandam a economia brasileira, é uma traição ao Brasil.

Paulo Guedes versus Sayad e Lara Resende, por César Locatelli e Rubens Sawaya

Como não poderia ser diferente, a reforma da previdência, por seu impacto recessivo sobre a atividade econômica, tornou-se um dos pontos centrais do divórcio entre Guedes, Sayad e Lara Resende.

Crítica Ultraliberal à Política Anticíclica de Crédito Farto e Barato, por Fernando Nogueira da...

Obra de EscherCrítica Ultraliberal à Política Anticíclica de Crédito Farto e BaratoFernando Nogueira da CostaA leitura do livro de Nicholas Wapshott, “Keynes x Hayek:...

Criptomoedas ou cripto-ativos?, por André Roncaglia

Criptomoedas ou cripto-ativos?por André RoncagliaA nova onda no mercado financeiro é o “investimento” nas moedas digitais, ou criptomoedas. Bitcoin, Ethreum e as centenas de Altcoins...

Belluzzo fala sobre o seu livro “O tempo de Keynes nos tempos do capitalismo”

Jornal GGN - A editora Contracorrente divulgou na sexta (5) um vídeo onde Luiz Gonzaga Belluzzo comenta sobre seu livro "O tempo de Keynes...

Mais comentados

Últimas notícias