Destaques Luis Nassif

GGN Covid: com 2,7% da população, Brasil tem 26% dos óbitos do planeta

Eventualmente, saltos diários em casos e óbitos do Covid podem refletir problemas específicos. Daí a relevância das médias semanais. Nos estudos do GGN - em...

Xadrez das dúvidas em relação às vacinas do Butantan, por Luis Nassif

Qual a saída? Simples. O Instituto Butantan não colocar mais em risco sua credibilidade, prestando-se às jogadas de marketing de João Dória Jr.

GGN Covid: média de óbitos bate novo pico

Mais um pico de óbitos, com média diária semanal de 2.595. 17 estados registraram alto crescimento de óbitos, contra quedas em apenas 3.  A média...

GGN Covid: Brasil continua respondendo por mais de 30% dos óbitos por Covid

Os dados diários consolidados pela John Hopkins University mostram que o Brasil responde por 31% dos óbitos registrados ontem no mundo. Campeão de novos...

Falta de transparência do Butantã coloca vacinados em risco, por Luis Nassif

Conversei, também, com um dos responsáveis pela coordenação da vacinação em São Paulo, sobre os resultados da Coonavac sobre as novas cepas. Resposta:"O Dimas disse que já há esses dados, mas eu ainda não tive acesso".

O fracasso da gestão Guedes e Roberto Campos Neto, por Luis Nassif

Hoje em dia, a única estratégia de recuperação da economia é inócua. Consiste em tentar derrubar as taxas de juros longas para destravar investimentos. E como derrubar as taxas de juros longas? Exclusivamente através do aumento da taxa Selic.

A médica que enfrentou Bolsonaro ou, quem quiser que conte outra (com Direito de...

É evidente que ela aceitou o convite de Bolsonaro pensando que se tornaria Ministra da Saúde. Ocorre que Bolsonaro já tinha seu candidato há tempos, o médico Marcelo Queiroga, bolsonarista de raiz, líder da ala médica defensora de Bolsonaro.

GGN Covid: média diária de casos bate novo recorde

16 estados registraram alto crescimento e apenas 2 mostraram queda. As maiores variações, em uma semana, foram o Rio Grande do Norte, Pará, Sergipe, Piauí, Mato Grosso e Espírito Santo.

O aumento das commodities impactou os preços. Houve um aumento intenso no IPCA. Sorte de Guedes que a mídia deixou de acompanhar o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), indexador de vários contratos e que literalmente explodiu.

Câmara, Senado e STF enquadram Bolsonaro, por Luis Nassif

Bolsonaro admitiu a montagem de uma comissão de alto nível para conduzir a política de saúde. Mas só da boca para fora. Na reuniões que precedeu o anúncio público do pacto, Bolsonaro insistiu em todas as suas teses - sem lockdown, com tratamento alternativo.

A economia só melhora quando sair das mãos dos economistas, por Luis Nassif

A grande virada na economia se dará quando algum governante colocar no Ministério da Economia uma personalidade com conhecimento e foco no mundo real. E colocar os economistas no seu devido lugar: de assessores, para medir impactos financeiros de medidas, e nada mais.

Marco Aurélio, bolsonarista de alma, mas que não ousou acabar com o lockdown, por...

Mello sabe que, se endossar a pretensão de Bolsonaro, será responsabilizado por tornar aguda a doença. Mas, ao mesmo tempo, não quer abandonar a simpatia por Bolsonaro.

Os cenários tenebrosos para a pandemia e a economia, por Luis Nassif

A lógica de Bolsonaro continua sendo a de acentuar os problemas do isolamento, como maneira de desgastar os governadores. Ainda que à custa de milhares de mortes.

O fracasso do aumento da taxa Selic pelo Copom, por Luis Nassif

O resultado foi a alta na curva de juros e o aumento as apostas do mercado em elevações mais agudas na Selic. Antes do Copom, o debate era se 0,5 ponto seria suficiente. Agora, já se fala que duas elevações de 0,75 seriam insuficientes.

Xadrez da oportunidade do STF se reconciliar com a democracia, por Luis Nassif

Desastre sanitário, as imagens chocantes de doentes morrendo sem atendimento, a indiferença gritante de Bolsonaro, a queda radical das expectativas dos agentes econômicos, tudo isso cria um ambiente de caos, no qual todas as saídas, mesmo as mais inusitadas, são possíveis.

GGN Covid: Entenda a manipulação dos dados para justificar o tratamento alternativo

Se algum médico vir a brandir algum indicador de cidade bem sucedida no enfrentamento da doença, que usou tratamento alternativo, pode ter certeza de que é embuste estatístico, manipulação das relações reais de causa e efeito.

Entenda a pechincha de Flávio Bolsonaro, na compra da mansão, por Luis Nassif

O preço do m2 em outras mansões, oferecidas pela Viva Real, vão de 32,2% a 158% acima preço supostamente pago por Flávio.

GGN Covid: média diária semanal de óbitos supera os 2.000

As informações de UTIs lotadas, por todo o país, mostram que a curva de mortes irá se acelerar mais ainda. A demora na renda emergencial obriga pessoas de todo o país a saírem do isolamento para não morrer de fome.

Para entender a necropolítica de Bolsonaro, por Luís Nassif

Existe e é simples de entender, tão primária e irresponsável quanto é o próprio Bolsonaro.

É hora de começar a pensar em regras para a globalização da mídia, Luis...

É hora dos partidos políticos, Congresso e sociedade civil acordarem para esse fenômeno. Deve-se começar, desde já, a pensar em maneiras de definir a regulação da mídia, aproveitando a transição que se desenha.

Leia também

Últimas notícias

GGN