segunda-feira, junho 17, 2019
  • Carregando...
    Início Artigos

    Artigos

    O Brasil se moveu, por Gustavo Conde

    Articulistas, formadores de opinião, veículos de comunicação e congêneres darão início a processos de realinhamento. O alerta aqui proposto é trivial: eles se realinham não para se redimirem, mas para sobreviverem

    E depois? Elementos para reflexão sobre construção de saídas, por Ion de Andrade

    Constata-se, cada vez mais, a quem queira ver, naturalmente, que não somente não há um projeto de país, como não há sequer coesão institucional, honra entre pares, ou nada que possa soldar um governo

    Até o fim, no Bunker com Rosangela Moro, por Fábio de Oliveira Ribeiro

    Causa mais estranhamento na saga da Lava Jato é a ingenuidade do Ministro da Justiça. Ele foi incapaz de compreender como funciona a linha de montagem e de destruição dos heróis midiáticos brasileiros

    A crise com militares no governo do pandemônio, por Bruno Lima Rocha

    Villas Bôas já virou o fio e agora parece tentar manter a sobriedade. Em termos institucionais, as Forças Armadas não têm essa exposição negativa desde o final da ditadura

    Tangenciando a Musa do Veneno, uma crônica, por Rui Daher

    Os "especiais" acham que não envenenam o prato de ninguém. Ah, não? Envenenam, sim, inclusive os de vocês mesmos nos refeitórios e restaurantes da Esplanada dos Ministérios

    Golpe militar é possível? Sim, mas nada na história aconselha improvisações

    Num país como o Brasil, um exército sob o controle absoluto não garante que os demais exércitos não conspirarão contra ele. O poder é algo que sobe a cabeça de muitos, tanto os que estão no poder como os que pretendem o poder

    Quem são os fascistas brasileiros hoje?, por José Policarpo

    Para os outrora Golden Boys aclamados pela mídia empresarial e pelos fascistas, a verdade enfim se revelou e o que ela mostra não é nada encantador

    A peleja amazonense de valente sucuri contra o amedrontado escudeiro-Moro, por Sebastião Nunes

    Cavaleiros do Apocalipse pararam de gemer e manquitolar, pondo-se, de boca aberta, a reparar no avermelhado céu de Brasília em chamas. O escudeiro-Moro, com o rabo entre as pernas, ria disfarçadamente

    Diversidade, pobreza, e uma pulga atrás da orelha, por Gustavo Gollo

    De que se alimentam nossas mentes? O que rege nossa atenção e absorve nossos pensamentos?

    Sociedade sem lei, por Leonardo Isaac Yarochewsky

    Ao mandarem todos os limites impostos pelo Estado de direito as favas, tergiversando com princípios constitucionais, os agentes da Lava-Jato se colocaram acima da lei, do direito e da própria sociedade.

    Olavo, a pós-modernidade e o Pequeno Príncipe, por Mauro Iasi

    Extremamente sedutora na forma, a pós-modernidade é filha do irracionalismo e mãe da barbárie. Esperava um mundo livre das metanarrativas, expressão do poder sobre os corpos e da liberdade, mas se vê diante da produção industrial da mentira, do poder em seu estado puro

    Como derrotar a “direita Trump-Bolsonaro”, por Nick Dearden

    Multiplicam-se, em todo o mundo, as alianças entre donos do dinheiro e lúmpen-políticos. Por que o poder econômico abandonou a direita “civilizada”? Como a esquerda “esqueceu-se” da crítica radical ao sistema? É possível retomá-la?

    Lavajatogate: juiz das garantias? Uma resposta a Merval Pereira, por Lenio Luiz Streck e...

    De premissas corretas, Merval Pereira consegue derivar uma conclusão absolutamente equivocada que contradiz as próprias premissas.

    Hy-Brazil: Lava Jato & Associados (III), por Arkx

    A volta de Lula é inexorável. faz parte do processo histórico brasileiro. para o bem e para o mal. como o Getúlio de 1950, Lula tem um novo encontro marcado com a História

    Identidade zero, por Robert Kurz

    Texto publicado já em 1994, mas que mantém hoje toda a actualidade, face aos novos movimentos populistas de direita e neo-fascistas, bem como à crescente mania da identidade.

    Moro, a obscura face da maldade aos poucos é revelada, por Sergio Medeiros

    A SENTENÇA presta-se simplesmente a dar concretude ao acertado nas conversas. Não havia como o réu fugir da condenação.

    Moro, Dallagnol e a Nova Normalidade, por Tânia M. S. Oliveira

    A Lava Jato vem praticando abusos há cinco anos como se normal fosse, sem reparos, impunemente. Seus membros, longe de serem questionados, eram ovacionados

    Trump e seus clones: é pior do que você pensa, por Reginaldo Moraes

    Estamos acostumados com a ideia de que os neoliberais e a nova direita estão empenhados em minguar o Estado em proveito de “soluções de mercado”. Trump é mais do que isso, diz David Cay Johnston

    Bernstein e a homofobia, por Marcos Silva

    A posição de Bernstein e outros socialistas alemães sobre a sexualidade humana, relida hoje, assume especial importância no sentido de incluir essa dimensão da experiência de homens e mulheres na pauta do debate político

    Globo x Intercept: manobra diversionista pretende inverter o jogo e vincular denúncias a fake...

    Os desdobramentos da cobertura deixam agora mais clara a tática diversionista dos veículos do Grupo Globo: centrar fogo na história do ataque hacker para desviar a atenção dos fatos gravíssimos que os diálogos revelam

    Mais comentados

    Últimas notícias