segunda-feira, maio 20, 2019
  • Carregando...
    Início Segurança Pública

    Segurança Pública

    MPF de Brasília pede imediata suspensão do decreto de armas

    Procuradores sustentam que medida do governo Bolsonaro “coloca em risco a segurança pública de todos os brasileiros”

    Pacote anticrime de Moro fortalecerá as milícias no Rio, avalia Luiz Eduardo Soares

    Em entrevista para Luis Nassif, um dos principais pensadores da segurança pública do país conta a história da consolidação das milícias e o possível impacto da "política de estado" que ministro quer promover no país

    Bolsonaro e a vida pública marcada pela ideia de morte, por Janio de Freitas

    "Uma indústria de vocacionados para a violência, de recorrentes a armas, de maníacos da morte. Tudo isso em uma só pessoa”

    Estudos comprovam: decreto de Bolsonaro é retrocesso na política de Segurança

    Pesquisas nacionais e internacionais vão justamente na contramão do decreto de Jair Bolsonaro, que facilita a circulação e o uso das armas no país

    Justiça proíbe Exército de questionar recrutas sobre preferências políticas

    Decisão é resultado de uma Ação Civil do Ministério Público para investigar perseguição e prática de tortura contra recrutas por motivações políticas e ideológicas
    video

    Ação de Witzel poder ter sido para beneficiar milícias, por Luis Nassif

    Há suspeitas de que a polícia de Witzel esteja apoiando as milícias em sua guerra contra outras organizações criminosas

    Helicóptero com atiradores de Witzel dispara contra barraca de evangélicos em Angra

    Grupo religioso costuma usar o monte para fazer orações, e barraca era usada como uma espécie de banheiro. Nenhuma pessoa foi ferida

    Operação da Polícia Civil deixa 8 mortos em tiroteio na Maré (RJ)

    Aumenta o já alarmante número de vítimas no Rio por homicídio policial. Operação tinha como objetivo prender o traficante Thomas Jayson Gomes Vieira

    Bolsonaro faz discurso incentivando milícias rurais

    "Os afagos do presidente às milícias urbanas já eram conhecidos. Agora ele incentiva a atuação das milícias rurais", diz Bernardo Mello Franco

    Cortes no “Mais Médicos” e PEC do Teto deixarão milhares de mortes inevitáveis

    Esta é a primeira pesquisa a prever o impacto das medidas de austeridade fiscal na cobertura da Atenção Primária à Saúde (APS)

    O catador morto pelo Exército: cenas de um herói nacional

    Luciano Macedo salvou criança de 7 anos que estava no carro alvejado com mais de 80 tiros pelo Exército em Guadalupe. Era morador de rua e estava construindo um barraco com a esposa grávida de cinco meses

    Cresce em 114% número de presos mortos por doenças nos presídios do Rio de...

    Em vinte anos número de profissionais da saúde no sistema penitenciário estadual caiu de 1,2 mil para 450. No mesmo período o total de presos no Rio saltou de 18 mil para 54 mil

    Em Florianópolis policiais matam jovem enquanto brincava no quintal de casa com arma de...

    Vitor Henrique Xavier Silva Santos, de 19 anos, era “um jovem prestativo, que ajudava em casa e era tranquilo", descreveram vizinhos e parentes da vítima

    Em um ano sobe para 18% total de pessoas mortas por policiais, aponta levantamento

    "O crescimento da violência policial é muito preocupante, porque a história tem mostrado que a tolerância a ela é a semente das milícias no Brasil”, avalia pesquisador

    “Projeto anticrime de Moro é um pacote de guerra na Segurança Pública brasileira”

    Retrato das saídas repressivas, do lema “bandido bom é bandido morto” e do punitivismo exacerbado, beirando a uma política de extermínio do governo Bolsonaro

    Quem aplaudiu massacre do Carandiru hoje cobra fim da violência, por Drauzio Varella

    Foi aplaudido por defensores de carta branca para "matar bandidos", mas, contraditoriamente, foi responsável pelo fortalecimento do crime organizado

    Crise contribui para o aumento de submetralhadoras caseiras entre criminosos brasileiros

    Reportagem da BBC News Brasil aponta para o aumento de participação de armamento caseiro entre o total de equipamentos apreendidos pelas polícias nos estados

    O Estado mata, debocha e mente, por Mário Jr.

    Rio de Janeiro tem saída: recusar que um Estado falido e despreparado atire para matar quando quiser

    A culpa é de quem convocou o Exército para missões de segurança pública

    Já diziam que a democracia é uma plantinha tenra que tem que ser cultivada. Agora, que as plantas venenosas ameaçaram tomar corações e mentes dos brasileiro, é preciso tolerância zero contra o arbítrio

    ‘Erros ocorrem sob pressão e forte emoção’, afirma Mourão sobre fuzilamento de carro no...

    Vice-presidente disse ainda que os tiros "foram péssimos" e que se tivessem a "devida precisão" a tragédia seria "pior", não sobrevivendo ninguém da família de Evaldo

    Mais comentados

    Últimas notícias