Jornal GGN – Presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Dias Toffoli emitiu mensagem bastante dura a respeito do caráter do acordo entre Petrobras e procuradores de Curitiba que levaria à criação de uma fundação privada para gerir R$ 2,5 bilhões.

Toffoli evitou dizer o que pensa com todas as letras, mas a indicação que fez foi bem clara: “Não se pode criar recursos para si próprio e nem se apropriar de algo que é da União. Isto tem até nome no Código Penal.”

A força-tarefa da Lava Jato em Curitiba participou, de maneira obscura, de processo que a Petrobras sofreu nos Estados Unidos por conta da corrupção revelada nos 5 anos de operação. Para evitar ir à juízo em solo americano, a estatal brasileira assinou um acordo com o Departamento de Justiça que previa pagamento de multa bilionária. O DoJ, contudo, abriu mão de 80% do valor em benefício das “autoridades brasileiras”.

Escanteando o governo central ou outra instituição, os procuradores de Curitiba estabeleceram bilateralmente, junto à Petrobras, que os R$ 2,5 bilhões decorrentes da multa nos EUA seriam injetado em um fundo patrimonial. A fundação gestora desses recursos – metade para investidos em ações sociais e anticorrupção bem abstratas, e a outra fatia para ressarcimento de acionistas – seria constituída sob a influência da turma de Deltan Dallagnol.

É nesse contexto que Toffoli contesta a criação de recursos para si própria, e a apropriação de recursos que deveriam ser destinados à União. O STF suspendeu o acordo para análise, mas os procuradores insistem que têm ingerência sobre o futuro dos bilhões.

Leia também:  Lava Jato poupou Guedes em investigação durante campanha de Bolsonaro

A fala do ministro ocorreu, segundo relatos do Conjur, durante um jantar promovido por juristas, em São Paulo, em defesa do STF – que vem sendo atacado por apoiadores da Lava Jato nas redes sociais. Gilmar Mendes também esteve presente no encontro.

A ONG DA LAVA JATO

Confira o que o GGN já publicou sobre a fundação da Lava Jato:

Corregedor defende Gabriela Hardt no acordão que cria “fundação” da Lava Jato

A declaração de guerra do Supremo ao conluio Lava Jato-Mídia

Xadrez do dia em que os procuradores da Lava Jato entraram em pânico, por Luis Nassif

Petrobras pede sigilo sobre documentos que envolvem ONG da Lava Jato

PGR sugere que bilhões da ONG da Lava Jato sejam investidos em Educação

TCU é acionado para analisar ONG bilionária da Lava Jato

Dallagnol é processado por ONG da Lava Jato que lesa Petrobras

ONG da Lava Jato terá o equivalente a 77% do dinheiro “devolvido” à Petrobras

Em breve terá início a temporada de caça à Lava Jato, por Luis Nassif

Juristas pela Democracia debatem violação à soberania nacional pelo conluio Lava Jato-EUA

CNJ manda TRF-4 apurar conduta de Hardt na ONG da Lava Jato

Por conluio na Lava Jato, CNJ abre processo contra juíza Hardt

Advogado crítico do STF é “sócio” do fundo bilionário da Lava Jato, diz Conjur

Empresas de Carlos Lima e Rosangela Moro-Zucolotto surgiram pouco antes do acordão de R$ 2,5 bilhões na Lava Jato

Moraes impede força-tarefa da Lava Jato de usar fundo bilionário da Petrobras

Leia também:  Declarações de Bolsonaro podem prejudicar relações econômicas com a Alemanha

Juízes e juristas enviam 14 perguntas sobre a ONG da Lava Jato à PGR

Conflito de interesse é Lava Jato ajudar EUA em ação contra Petrobras e depois ficar com o dinheiro

PGR diz que fundo da Lava Jato é ilegal e pede fim ao Supremo

Dallagnol anuncia “suspensão” da ONG da Lava Jato, mas não desiste dos fundos 

Com 2,5 bi em caixa, a Lava Jato se prepara para substituir o bolsonarismo, por Luis Nassif

Riscos da Fundação Lava Jato à democracia, por Eduardo Ramos

A briga de facções entre Lava Jato e os Bolsonaro, por Luis Nassif

Lava Jato e EUA se uniram para investigar Petrobras e tirar bilhões para fundo, por Cíntia Alves

EUA receberão informações sigilosas da Petrobras graças à Lava Jato, por Cíntia Alves

Lava Jato agora diz que não administrará fundo criado com bilhões da Petrobras

Fundo da Lava Jato “tem cheiro de campanha eleitoral” em favor de Moro

Os avanços da Lava Jato sobre o Estado brasileiro, por Luis Nassif

Defesa de Lula põe Lava Jato na parede sobre acordo com EUA e fundação privada

EUA terem desistido de R$ 2,5 bilhões foi ato “incomum” até para analistas americanos, por Cíntia Alves

Confira a íntegra dos acordos entre Petrobras, EUA e MPF

Auditores Fiscais pela Democracia: ONG da Lava Jato pretende estar acima da lei

Hardt declarou-se incompetente para escolher fiscais do fundo da Lava Jato e passou a tarefa aos procuradores

Leia também:  Intercept vaza delação da OAS sobre propina no governo do PSDB em SP

É abuso criação de fundo de investimentos pela Lava Jato, diz professora do Insper

Fundo bilionário pode transformar Lava Jato em poder “paraestatal”

Lava Jato é canal para governo dos EUA ter acesso aos negócios da Petrobras

Com fundação, Lava Jato caiu na armadilha da onipotência, por Luis Nassif

Gaspari: Doutores de Curitiba “superestimaram sua força e extrapolaram suas tarefas”

Estadão: Procuradores da Lava Jato “perderam a noção de seu papel”

Flávio Dino à Lava Jato: “Não privatizem o dinheiro público. Devolvam os R$ 2,5 bi”

Em 2015, GGN denunciava a conspiração antinacional da Lava Jato com o DoJ

Elo suspeito entre Curitiba e EUA foi exposto pela defesa de Lula em 2016

A turma da Lava Jato e o meme “EU ME-RE-CI”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

11 comentários

  1. É mais um crime,entre tantos,cometido por essa organização criminosa comandada pelo camisa preta do Paraná.
    Esta ponta do iceberg não é nada comparada a destruição da economia brasileira,dos milhões de desempregados e de toda consequência ruim causada por causa disso.
    Essa gente,se o país não vivesse um golpe de Estado,já estaria presa há muito tempo.

  2. Sera mesmo Sr.tofolli ? Sendo vcs órgão máximo de um país.. .não tem peito pra provar isso? Vcs próprio são mau exemplo…pega o banquinho se manda daí.. .vcs só fazem em benefício próprio.. .se manda daí.. .

  3. Uma parcela imensa de nossa sociedade não se deu conta da gravidade dessa questão: está configurado UM CRIME! Essa foi a alusão que Toffoli fez em seu comentário sobre a criação da Fundação Lava Jato e a APROPRIAÇÃO, na marra, por debaixo dos panos, das leis, da Constituição, de 2,6 BILHÕES DE REAIS….. Isso envolve uma IMORALIDADE absurda, inaceitável! Que parte de juízes (Moro e Gabriela Hardt) e procuradores ligados a uma operação cujo “lema” é o combate à corrupção.

    Onde a coerência de se prender um ex-presidente da República por um triplex mequetrefe de um milhão de reais QUE NUNCA LHE PERTENCEU DE FATO, condenação feita sobre ilações frouxas, farsescas, e depois de todo esse carnaval, das prisões, das delações, dos vazamentos, da auto-promoção escandalosa, essas mesmas autoridades TOMAM PARA SI, atropelando tudo e todos, 2,6 BILHÕES DE REAIS que pertencem à União, ao povo brasileiro?!?

    Como pode uma sociedade exigir e celebrar Lula condenado e preso por uma recriação da realidade, uma obra de ficção, sem uma prova sequer concreta dos crimes dos quais é acusado, e essa mesma sociedade não se revolta contra um ATO, UM FATO, UM CRIME DOCUMENTADO, dessa monta, banhado em um cinismo e arrogância jamais vistos antes na História do nosso país?

    Como pode a ANPR apoiar esse descalabro, essa indignidade por parte de seus membros?
    Como pode a senhora Procuradora-Geral não denunciá-los por CRIME?
    Como pode a grande mídia se omitir – à exceção de raros e amenos artigos – de um modo tão vil?
    Como pode o STF na voz de seus ministros, apenas “lançar frases de efeito”, como fez no caso ainda mais grave do vazamento da gravação de uma presidente da República justamente para provocar comoção social e daí se partir para o impeachment?
    Seguem no jogo acomodado e omisso de apenas “darem palmadas nos bum buns” dos agentes públicos agindo como criminosos, numa arrogância tão inacreditável que hoje incomoda aos próprios ministros, obrigados a reagirem até por sua sobrevivência como instituição. As coisas teriam chegado a esse ponto se os senhores ministros tivessem velado pela Constituição nas dezenas de vezes em que ela foi pisoteada?

    Moro, Dallagnol, Gabriela Hardt, demais procuradores envolvidos nessa tramoia mafiosa, em país minimamente civilizado e na vigência de um pleno Estado de Direito, estariam demitidos e tornados réus em ações criminais.

    Deplorável o silêncio, a catatonia, a incoerência inominável de nossas elites e classes médias. Onde a fúria indignada contra Lula e o triplex, ou o sítio de Atibaia…?

    Fica a certeza, que “dependendo de quem é”, mesmo documentado fartamente, a tentativa de se apropriarem de 2,6 BILHÕES de reais, não importa, não causa nenhum sentimento de indignação nesses “brasileiros de bem”…..

    Mas dependendo de quem for, delações arrancadas sob tortura de prisões “provisórias” são o suficiente para condenar um homem, sem provas, num processo vergonhoso e farsesco do início ao fim.

    Não nos tornamos apenas um país incivilizado, um Estado de Exceção, uma ditadura! Somos também uma nação de sociedade profundamente hipócrita e enferma.
    .

  4. os quase cinquenta artigos denunciando
    esse esquema infame demonstram a importancia
    do ggn nesse assunto que, em resumo, comprovam que vivemos
    num estado de exceção pelo menos seletivo
    – pune-se os ditos inimigos, mas os amigos, não…)…

  5. O MPF não contava com o vigor e com o senso de pátria do nosso Jornalismo, da nossa Academia e até de muitos membros do próprio Ministério Público e da Justiça como um todo. É o que dá dar ouvidos aos bárbaros saqueadores do chamado “Departamento de Justiça” dos EUA: Moro, Dallagnol, Dodge e mais uns apátridas por aí, tendo sido aleijados da noção de cidadania pela adoção das ideias estapafúrdias desse neoliberalismo bandido, fantasiam não existir pátrias. Ou melhor, fantasiam que a única pátria que existe são os EUA, algo como “só se pode ser patriota se a pátria for o país ‘EUA'”.

    O mais grave é que esses traidores que se imaginam apátridas são funcionários públicos. O certo seria exonerá-los, me parece, ou pelo menos anular suas atuações.

    • Talvez o que ocorra é que, arrogando-se sabedores dos bastidores da geopolítica e eivados da responsabilidade de proteger nosso país, essas pessoas – Bolsonaros, Moro, Dallagnol, Dodge, Mourão e que-tais – optaram por ceder ao dólar ante eventual ameaça de ataques bélicos pelos EUA. Talvez estejam até pensando na capacidade de antropofagia oswaldiana do povo brasileiro, mesmo que essa antropofagia refira-se somente à arte. Ou pelo menos pensam que usar esse argumento para mascarar seu entreguismo e sua corrupção – usar a coisa pública em benefício próprio e de outros agrupamentos privados. Sabe aquela história de admirar o forte mesmo quando o forte está te destruindo? E até tirar proveito para si da situação, querendo que se dane o conjunto a que você pertence?

      Além de covardes, hipócratas e entreguistas, isso faria deles meros – com o perdão da palavra – bunda-moles.

  6. Eita ciumeira de que quer fazer o certo! Secar em outras mãos esse dinheiro certamente vai evaporar. Deixa o Brasil crescer pelo amor de Deus Srs Ministros. Deixem de lado essa ciumeira todas e tenha atitudes e ideias iguais ao untegraantes da Lava Jato que está passando esse país a Limpo enquanto que inúmeros processos contra políticos corruptos estão engavetados

    • Caro Marcos Antônio,passar o Brasil a limpo e lutar contra a corrupção não é METER A MÃO EM BILHÕES DO POVO E ADMINISTRAR COMO QUER,QUAL PARTE VC NÃO ENTENDEU!?

  7. Sério??está isso dos R$2.5->BILHÕES…dÁ Petroleira…a Petrobras s.a.”…Está em todas as páginas blogs e outros…e qnt aos R$8.5->BILHÕES..dÁ C.Odebrecht? Resultado esse dÊ acordos…feitos entre O “FISCO DÁ GRÍNGOLANDIA”,,Ô >>> >>”DoJ”,,”DHS”,e a ,”CÍA”…e ELES…OS PALADÍNOS OS TÁIS LAVAJATEIROS…OS INTEGRANTES DA FORÇA TAREFA OP.LAVAJATO…tds Lá dÁ REPUBLIQUETA CHAMADA PARANÁ…A QUAL TEVE INÍCIO desses tai ACORDOS…EM 2006,,,NAS BARBAS DO….BARBUDO… Os tais ACORDOS…tinham como base uma FALSA CONVENÇÃO…em Minas Gerais…com o propósito de combater LAVAGEM DÔ TRÁFICO…E DO NARCOTRÁFICO…e o TERRORISMO,,,,iSSO..
    LÁÁÁÁ NO INÍCIO QNDO AINDA CHAMAVA-SE–>>>OPERAÇÃO PONTES<<>>LAVAJATO…o msmo faz a mídia brasileira…sobre os R$70->MILHÕES…recebidos por Aécio Nvs…Motivo pelo qual A iRMÃ dele foi presa…Pq Recebeu R$40->MILHÕES…em uma conta em NOVA YORK…

  8. Esse crime é apenas uma decorrência de outro: o golpe com o STF com tudo. Enquanto a vagabundagem de toga não reconhecer que agiu de maneira criminosa ao sabotar a democracia em troca de aumento salarial as palavras do presidente do STF devem ser objeto de uma saudável desconfiança.

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome